CONHEÇA A PREFEITA QUE COMANDA A MENOR CIDADE DO PÁIS.

Prefeita do menor município do país conta que principal dilema é asfalto.

Camila Cervantes – RD NEWS.

.

Maria Jose das Graças prefeita_araguainha_1.jpg

Maria José das Graças, prefeita de Araguainha, menor município do país, conta dificuldades que a população passa com falta de saúde, educação e saneamento.

A prefeita de Araguainha (a 445 km de Cuiabá), Maria José das Graças (PR), alega que uma das principais demandas do município é a pavimentação da MT-100. A cidade, que é a menor do país em extensão territorial, tem orçamento de R$ 6,5 milhões ao ano e conta com 1.085 habitantes. Além disso, a gestora diz que o governador eleito Pedro Taques (PDT) terá dificuldades para regularizar os problemas deixados pelo atual Silval Barbosa (PMDB), como os empréstimos feitos para a realização do MT Integrado e o término do VLT.

Prefeita de primeiro mandato, Maria José é professora e diz que, apesar de ser leiga na política, faz o que pode. “Fui eleita com 400 votos e me candidatei devido à pressão da categoria para ter um representante. Mas para conseguir as coisas aqui, precisamos correr atrás”. A republicana ainda destaca que além da pavimentação da MT-100, o município carece de saúde, saneamento básico (água e esgoto), estradas e pontes.

Conta que não há hospital, somente uma unidade mista de saúde. Para educação, são apenas duas escolas disponíveis, sendo uma municipal e outra estadual. Não há creches e o índice de desemprego é grande. “Os jovens vão para Alto Araguaia procurar emprego”. A prefeita ressalta que a economia local é a pecuária, no entanto, não tem indústria nem agricultura para sustentar a população. “Tudo isso dificulta muito”.

Segundo Maria José, apesar de Araguainha ser pequena e não ter representação eleitoral, já conseguiu duas emendas, sendo uma para calçamento e outra para a construção de um poço tubular para um assentamento próximo à cidade.

Gestão

Maria José tomou posse em janeiro de 2013 com duas folhas de pagamento atrasadas e funcionários desqualificados. Explica que o ex-prefeito José Ocifarne Ferreira (PSD) nomeou vários funcionários, mas sem a devida experiência para ocupar os cargos designados.

Diante disso, reforça que desde o início do mandato vem contornando a situação, tendo em vista a pouca arrecadação municipal. “Nós esperamos, além de resolver os problemas pendentes, que o governador eleito termine o asfalto para favorecer nosso município. Somente 2 quilômetros foram pavimentados e a estrada é uma via de escoação de grãos que fomenta a economia”, conclui.

AÉCIO X DILMA: HOJE NA RECORD TEM DEBATE.

Rede Record promove debate com presidenciáveis neste domingo.

A uma semana do segundo turno, Aécio e Dilma vão discutir os desafios do Brasil e as propostas de cada um para os próximos quatro anos, em um debate decisivo, logo depois do Domingo Espetacular.

Aécio e Dilma participam do debate na Record

Os dois candidatos mais votados e que disputam a Presidência da República no segundo turno, se enfrentam na noite deste domingo (19) em debate promovido pela Rede Record, ao vivo para todo o Brasil. Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) ficam frente a frente a partir das 21h15 (horário da Paraíba).

A uma semana do segundo turno, Aécio e Dilma vão discutir os desafios do Brasil e as propostas de cada um para os próximos quatro anos, em um debate decisivo, logo depois do Domingo Espetacular.

SERIAL DE GOIÂNIA MATAVA “POR RAIVA DE TUDO” DIZ POLÍCIA.

Segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, o suspeito era monitorado há mais de um mês

Agência Brasil

Em depoimento, ele chegou a mencionar ter cometido 39 homicídios.

A Polícia Civil informou ter apreendido, na casa do rapaz, na capital, um revólver, uma moto e recortes de jornais com notícias sobre os assassinatos de moradores de rua. Os investigadores chegaram ao vigilante a partir de imagens registradas por várias câmeras de segurança. Aos delegados, o suspeito teria chegado a dizer que matava para “se livrar de uma angústia e por sentir prazer”. Hoje, o superintendente declarou que o vigilante matava “por raiva de tudo”.

Geovanna Cristina/Futura Press

Polícia Civil apresenta o vigilante Thiago Henrique Gomes da Rocha, de 26 anos, que é apontado como o autor de 39 mortes em Goiânia.

 

Exames de balística feitos no revólver apreendido na casa do vigilante de 26 anos, detido terça-feira (14), indicam que a arma é a mesma com que foram disparados os tiros que mataram ao menos seis das vítimas. Morador de Goiânia, o rapaz é suspeito de ter assassinado várias mulheres e moradores de rua da capital, ao longo deste ano.

A informação foi divulgada pelo superintendente da Polícia Civil de Goiás, Deusny Aparecido Filho, em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (16). Preso em caráter temporário, o vigilante foi apresentado à imprensa em meio a um clima de tensão e comoção.

No momento em que o suspeito foi apresentado, parentes das vítimas que tiveram acesso ao local e que acompanhavam a coletiva passaram a gritar, exigindo justiça e xingando o suspeito, que foi rapidamente retirado do local.

Segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, o suspeito era monitorado há mais de um mês. Em depoimento, ele chegou a mencionar ter cometido 39 homicídios, mas, até o momento, a Polícia Civil diz só ter indícios para suspeitar da participação do vigilante em 24 mortes, das quais de 16 mulheres e oito moradores de rua.

O superintendente da Polícia Civil evitou classificar o vigilante como um assassino em série, mas destacou que o rapaz confessou que não matava só mulheres, mas também moradores de rua. O fato torna ainda mais difícil compreender suas motivações.

 

 “Quem vai dizer se trata ou não de um serial killer são os psiquiatras [forenses], mas vale lembrar que ele também matava homens, moradores de rua”, disse Filho, destacando que, em alguns casos, o vigilante também levava dinheiro e pertences pessoais das vítimas. Há a hipótese, sob investigação, de que o rapaz tenha matado também homossexuais e travestis.

Esta manhã, pouco mais de vinte e quatro horas após ser detido em caráter temporário, o vigilante tentou o suicídio. Segundo o Corpo de Bombeiros, ele tentou cortar os pulsos usando cacos de uma lâmpada da cela que ocupava na Delegacia de Repressão a Narcóticos (Denarc). Apesar de ter perdido bastante sangue, o rapaz foi socorrido a tempo e não corre risco de morte.

A Agência Brasil não conseguiu contato com o advogado do suspeito detido, até o momento da publicação desta matéria.

GOVERNO TAQUES.

O prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), que coordena a equipe de transição do governador eleito Pedro Taques (PDT), apresentou na última terça (15) um primeiro protótipo de como devem ficar as secretarias estaduais a partir do próximo ano.

A equipe propôs a redução de 19 para 12 secretarias estaduais tendo como base dois eixos humano/social e administrativo/gestão. Com as mudanças previstas neste primeiro estudo, as secretarias de Cidades, Cultura e Turismo, serão unificadas para dar origem a secretaria de Cidades e Desenvolvimento Regional.

A secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SEJUDH) e a secretaria de Segurança Pública (SESP) voltam a ser unificadas como no governo de Blairo Maggi (PR). Taques já havia citado o desejo de juntar as duas pastas e criar a secretaria de Cidadania.

A novidade na nova pasta será a criação da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (AGEPE). O compromisso de criar um órgão para cuidar dos presídios foi feitos com os profissionais que atuam no setor.

Outra fusão também prevista pela nova equipe de governo é da secretaria de Trabalho Assistência Social e Emprego (SETAS) com a de Esportes e Lazer (SEEL), juntas elas vão dar origem a Secretaria de Esporte, Trabalho Lazer e Assistência Social (SELTAS).

A equipe de transição também optou pela fusão de duas pastas que cuidam que atualmente cuidam de setores distintos da economia.

A secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (SEDRAF) e a pasta de Indústria, Comércio, Minas e Energia (SICME) serão fundidas para dar origem a secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEDEC).

As obras de infraestrutura na nova gestão devem ficar a cargo da secretaria de Transporte e Obras Públicas (SETOP). Atualmente as obras de pavimentação são de responsabilidade da secretaria de Transporte e Pavimentação Urbana (SETPU).

A secretaria de Administração, que atualmente cuida da gestão de pessoas, deixa de existir a partir do próximo ano. O papel será da secretaria de Gestão. Que entre outras atribuições, também cuidará no MT Prev e do MT Saúde, o plano de saúde dos servidores do Estado.

O primeiro estudo também não contempla uma pasta exclusiva para Comunicação, a equipe de Taques, preferiu deixar a pasta a cargo da Casa Civil.

No novo organograma elaborado pela equipe, o conselho de governo e conselho de desenvolvimento econômico deixam de ser diretamente ligados ao governador do Estado.

O papel do vice-governador também será como antes, ele deixa de ter responsabilidade sobre o Cepromat, MT Fomento e Ager.

O coordenador afirma que essas mudanças foram necessárias para haver um enxugamento da máquina pública, corte de gastos que resulte na melhoria da eficiência do Estado.

Destaca que Taques tem pressa em resolver o problema da saúde pública. Acredita que é possível economizar e fazer para investir no setor.

PELAS MÃOS DO PROFESSOR QUE SE DESCOBRE O MUNDO DA LEITURA E DA ESCRITA.

DSC_0840

Gilberto Figueiredo*

Uma das pessoas que marcam para sempre a vida de um ser humano, sem dúvida nenhuma, é o professor. Difícil esquecer essa figura tão importante que passa pela nossa vida de uma forma tão especial.

Quem não se lembra do primeiro ano escolar? Do momento em que teve o primeiro contato com o professor? Do seu jeito carinhoso e paciente em tratar os alunos? Mas, também, da forma firme em comandar a sala de aula? Essas recordações com certeza ficarão para sempre em nossa memória.

Hoje, 15 de outubro, é comemorado o Dia do Professor. Mas, essa data deve ser celebrada sempre, pois todos os dias uma criança, jovem ou adulto, descobre, pelas mãos do professor, o mundo da leitura e da escrita.

Ser professor é estar em uma sala de aula. É doar-se ao próximo com plenitude;

Ser professor é ter o dom da arte de ensinar, de descobrir talentos e de contribuir com a formação plena de um ser humano.

O professor tem em suas mãos o poder de transformar a vida de uma criança, abrindo as portas para um futuro melhor.

A rede de educação de Cuiabá conta com pelo menos 3,1 mil professores atuando em sala de aula, ou seja, exercendo um papel fundamental no desempenho de 50 mil alunos.

Alguns desses profissionais estão começando na profissão, outros, mais experientes, já dedicaram boa parte da sua vida à Educação. Porém, todos escolheram ser professor e devem se orgulhar muito por essa escolha, pois é uma das profissões mais virtuosas do mundo.

Nesse dia tão especial, a Secretaria Municipal de Educação, em meu nome, Gilberto Figueiredo, e da secretária-adjunta, Marioneide Angélica Kliemaschewsk, parabeniza a todos os professores e mestres.

Muito obrigado por fazer parte da história da Educação do Município de Cuiabá.

*Gilberto Figueiredo é secretário de Educação de Cuiabá