PESQUISA: 44% DOS BRASILEIROS PLANEJAM GASTAR MENOS NO DIA DOS PAIS.

felzidiadospaissss

Endividamento é a principal razão para a diminuição dos gastos. Na percepção de 76,8% dos consumidores
os presentes estão mais caros do que há um ano.

Com o avanço da inflação e aumento do desemprego, os gastos do brasileiro no Dia dos Pais, comemorado no próximo domingo, dia 11, serão mais modestos do que no ano passado. Um levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), em todas as capitais, mostra que 43,8% dos consumidores pretendem gastar menos com o presente deste ano na comparação com a mesma data do ano passado.

Com menos sobras no orçamento e diante de preços mais salgados, os consumidores têm se mantido distantes dos principais centros de compras. Oito em cada dez pessoas ouvidas pela sondagem (76,8%) acreditam que os presentes estão mais caros em 2015 do que há um ano. Além disso, a maioria dos consumidores que tem a intenção de presentear, deve comprar apenas um presente (66,4%).

“Com o crédito cada vez mais restrito, a inflação elevada e as altas taxas de juros, o consumidor vê o seu poder de compra diminuir e a principal medida para salvar as finanças acaba sendo o corte de gastos. Exemplo disso, é que em outras datas comemorativas recentes como Páscoa, Dia das Mães e Dia dos Namorados, o comércio também apresentou um resultado decepcionante, com queda no volume de vendas parceladas”, avalia o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

Consumidor endividado

O bolso mais apertado para contrair novas dívidas é um dos responsáveis pelo comportamento mais cauteloso do consumidor. Dentre os entrevistados que planejam gastar menos no Dia dos Pais, o endividamento (24,4%) é a principal justificativa para a contenção de despesas, principalmente entre as pessoas da classe C (26,8%) e com idade entre 35 e 49 anos (36,5%). Outras justificativas completam a lista como a necessidade de economizar (18,45%) e o desemprego (16,6%).

Pais recebem presentes mais baratos

Nesta data, os pais (64,0%) e os esposos (20,6%) serão os mais presenteados, mas eles devem se contentar com uma recordação mais barata. De acordo com a pesquisa, o valor médio por presente será de R$ 119,83, quantia inferior à intenção de gastos apurada pelo SPC Brasil para o último Dia dos Namorados, que foi de R$ 138,00.

É alto o percentual de consumidores reticentes quando indagados sobre o preço dos presentes que pretendem comprar. Mais da metade (50,7%) dos entrevistados afirma não ter ideia do quanto pretende desembolsar. Outro sinal de que o Dia dos Pais deste ano será econômico é que 46,2% dos entrevistados consultados pretendem comemorar a data em casa, ao passo que apenas 9,7% têm a intenção de festejar o dia em algum restaurante.

Brasileiro vai pagar a vista

O pagamento do presente à vista em dinheiro destaca-se como a principal modalidade utilizada pelos consumidores (53,3%), bem à frente do cartão de crédito parcelado (18,3%), cartão de crédito à vista (13,6%) e cartão de débito (8,5%). “O dado está coerente com o atual momento econômico, em que as pessoas se veem obrigadas a cortar despesas para driblar a inflação e também estão menos seguras em seus empregos. Por isso o ideal é evitar o abuso de parcelamentos e realizar todos os pagamentos a vista”, orienta a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

Os presentes mais procurados neste ano são as roupas (53,8%), calçados (23,9%), e acessórios (18,7%) – como cintos, óculos, relógios, meias e gravatas  – seguidos pelo almoço em restaurantes (6,5%), livros (5,8%), smartphones (5,4%), vale-presentes (4%) e artigos esportivos (3,5%). O principal lugar para a compra dos presentes será o shopping center, citado por 55,1% dos entrevistados. As lojas de rua (24,9%) e as lojas virtuais (10,6%) ocupam a segunda a terceira posição no ranking de preferência, respectivamente.

MAIS VIATURAS NO POLICIAMENTO DAS CIDADES DO MT.

frota

O Governo do Estado entregou nesta segunda-feira (03.08) 36 novas viaturas para unidades da Polícia Judiciária Civil de 25 municípios do interior do Estado. As novas viaturas, que fortalecerão as ações policiais em Mato Grosso, fazem parte do programa de incremento da frota da Segurança Pública, previsto no novo acordo de resultados assinado recentemente pelo secretário de Segurança Pública, Mauro Zaque.

As caminhonetes são do modelo L200 Triton com novo padrão internacional de identidade visual, devidamente equipadas para atender as demandas da atividade policial. A cerimônia de entrega foi realizada no Palácio Paiaguás.

Segundo o secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque, esse é mais um passo da transformação da Segurança Pública de Mato Grosso. “O que estamos celebrando aqui não é entrega de viaturas para a Polícia Judiciária Civil mas, sim, conseguir atender a população de municípios que quase nunca são lembrados, e hoje estão recebendo a atenção merecida”, disse.

O delegado geral da Polícia Judiciária Civil, Adriano Peralta, agradeceu o governador Pedro Taques pelo respeito e prioridade na Segurança Pública. “A Polícia Judiciária Civil se sente privilegiada em receber as 36 viaturas que são adequadas para o trabalho policial com maior eficiência”.

Receberam os novos veículos as unidades da Polícia Judiciária Civil dos seguintes municípios: Acorizal, Araguaiana, Arenápolis, Cláudia, Diamantino, Guarantã do Norte, Marcelândia, Matupá, Nova Canaã do Norte, Nova Xavantina, Peixoto de Azevedo, Porto dos Gaúchos, Sorriso, Tapurah, Terra Nova do Norte, Novo São Joaquim, Querência, São José do Rio Claro, Lucas do Rio Verde, Vera, Jangada, Nossa Senhora do Livramento, Poconé, Chapada dos Guimarães e Santo Antônio do Leverger.

O prefeito de Querência, Gilmar Wentz, espera que a nova viatura contribua para fortalecer o trabalho policial na cidade. “Esperamos que a nova viatura possa contribuir para a melhoria da Segurança em Querência”.

Além desses municípios, também foram contempladas unidades especializadas da Polícia Civil, como a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e a Gerência de Operações Especiais (GOE).

Para o governador do Estado, Pedro Taques, a polícia tem que ser aparelhada tecnicamente. “A polícia tem que ter homens e mulheres que possam trabalhar em um ambiente digno, condições materiais para trabalhar em integração e regionalização, e por isso que essas viaturas serão importantes. Não só para polícia, mas também para o cidadão”, falou.

LAVA JATO: POLÍCIA FEDERAL PRENDE JOSÉ DIRCEU EM BRASÍLIA.

jose_dirceu_-_wilson_dias

O ex-ministro José Dirceu foi preso hoje (3) em Brasília, pela Polícia Federal, na 17ª fase da Operação Lava Jato.

Segundo Roberto Podval, advogado de Dirceu, o ex-ministro ainda está em casa e deverá ser levado para a sede da Polícia Federal, para a prisão temporária, que será cumprida na capital da República ou em Curitiba.

A 17ª Fase da Operação Lava Jato, denominada Pixuleco, em alusão ao termo utilizado pelos acusados para denominar a propina recebida em contratos, foi deflagrada hoje pela Polícia Federal

Cerca de 200 Policiais Federais cumprem 40 mandados judiciais, sendo 26 mandados de busca e apreensão, três mandados de prisão preventiva, cinco mandados de prisão temporária e seis mandados de condução coercitiva, em Brasília e nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Foram decretadas ainda, a partir de representação da autoridade policial que preside os inquéritos policiais, medidas de sequestro de imóveis e bloqueio de ativos financeiros.

A atual fase da operação se concentra no cumprimento de medidas cautelares em relação a pagadores e recebedores de vantagens indevidas. Entre os crimes investigados estão corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) onde permanecerão à disposição do juízo da 13ª Vara da Justiça Federal. (AGB).

GOVERNADOR PARTICIPOU DE REUNIÃO COM A PRESIDENTE DILMA.

THIAGO ANDRADE
Redação/Gcom-MT

O governador Pedro Taques participou nesta quinta-feira (30.07) da reunião dos governadores com a presidente Dilma Rousseff. O chefe do Executivo mato-grossense solicitou que os Estados também possam participar das discussões inerentes ao ajuste fiscal, proposto pela União para equilibrar as contas públicas.

Taques afirmou que a abertura de diálogo com os governadores foi o ponto mais importante do encontro. “Não há como falar de federação com um presidencialismo imperial, tendo só uma pessoa decidindo”, declarou o governador.

Segundo Taques, também foi discutida a proposta de unificação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e a perda dos estados produtores de matéria-prima, que hoje dependem da compensação do Auxílio Financeiro para Fomento às Exportações (FEX).

O governador afirmou que a presidente reconheceu que Mato Grosso ajuda muito o Brasil com seu grande volume de produção voltado à exportação. “Nós defendemos estrategicamente alguns investimentos para o estado, que são para ajudar o Brasil. Um exemplo são o R$ 1,5 bilhão de operações de crédito que estão contratadas, mas estão paradas no Ministério da Fazenda. Recebemos o sinal de que é possível a liberação desses empréstimos”, afirmou.

Taques informou que convidou a presidente e o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, para participarem da segunda reunião dos governadores do Brasil Central que acontecerá na próxima sexta-feira (07.08), em Cuiabá.

Apesar da crise econômica que afeta o país, a presidente Dilma afirmou que o governo tem condições de se reerguer. Segundo ela, a primeira medida a ser tomada para reduzir os impactos do atual momento é a contenção da inflação, fato que, conforme pontuou, criará bases para o que chamou de “novo ciclo de expansão sustentável para o crédito”.

Em seu pronunciamento, a presidente pediu que os governadores não avalizem projetos que estão em tramitação no Congresso Nacional que devem surtir efeito nos estados e, portanto, no país.

Dilma também propôs que seja estabelecida uma cooperação federativa entre o Governo Federal e os Estados em prol da segurança do país, especialmente no que diz respeito aos homicídios, uma vez que o Brasil lidera os rankings mundiais. “Sabemos que muita coisa ainda precisa melhorar porque nosso povo está sofrendo. Nós devemos cooperar cada vez mais, independentemente das nossas afinidades políticas”, afirmou.

Para Taques, a proposta de cooperação da presidente é possível. Mas, ressaltou que é preciso pensar em mão dupla, em que um ajuda o outro para que possa dar certo.

ASSOCIADO DE CANARANA RECEBE PRÊMIO.

Associado Sicredi Araxingu ganha 50 mil reais em sorteio de seguro de vida

O motorista de 35 anos associou-se há 3 meses na cooperativa

Premiado

Fazer uma pequena reforma na casa, trocar o carro e ainda viajar para a Bahia. Esse é o destino dos 50 mil reais que o associado da Sicredi Araxingu, em Canarana, Jose Wellington Moreira Menezes vai dar ao prêmio que ganhou ao contratar um seguro de vida na Sicredi Araxingu. No dia 27 de junho através de sorteio da Loteria Federal, Jose Welligton que é conhecido como Baiano foi agraciado com o prêmio. Incentivado pela empresária Vali Fulber Caumo, o motorista resolveu contratar o serviço: “como trabalho num caminhão grande, minha patroa sugeriu que eu fizesse um seguro de vida. Então abri uma conta na Sicredi e fiz ”, explica. Associado há apenas três meses, o motorista conta que nunca tinha ganhado nada e foi surpreendido pela notícia: “até hoje não tinha ganhado nem rifa e quando me ligaram para contar não acreditei”, brinca ele.

De acordo com a Gerente de Negócios da Sicredi Lucelia Borges Ignacio, em abril ele procurou a cooperativa para contratar o seguro. “Conforme os benefícios da solução financeira ele optou pelo Seguro Mais em Vida. Proteção, tranquilidade, garantia, segurança e ainda o direito a um número da sorte para concorrer aos 50 mil reais”, afirma Lucelia. Segundo a gerente, José estava satisfeito com o produto que adquiriu e ele confirma: “abri uma conta, fiz um cartão de crédito, já tinha resolvido o que precisava. E para melhorar veio o dinheiro. Agora vou ver minha família em Salvador e fazer algumas coisas que não teria condições tão cedo”, comemora.

 

Seguro Mais em Vida

 

Aproveite a vida com tranquilidade ao lado de quem você mais ama. Com o Sicredi Seguro Mais em Vida você se protege contra imprevistos, além de contar com benefícios e serviços de assistência. Este seguro pode ser contratado por pessoas com idade entre 14 e 65 anos. Você pode contar com benefícios como assistência em viagem nacional e internacional, assistência funeral, segunda opinião medica internacional em casos de doenças graves e, ainda, concorrer até R$ 50.000,00 em quatro sorteios mensais. Além de várias coberturas para o titular e os familiares. Procure sua Unidade de Atendimento para contratar o Sicredi Seguro Mais em Vida.

CRM-MT FAZ VISITA EM QUERÊNCIA

IMG_1796-1

Na tarde de sexta-feira (24), a Secretaria de Saúde de Querência recebeu a vista de membros do Conselho Regional de Medicina do Estado do Mato Grosso – CRM, com o objetivo de vistoriar a estrutura dos centros de atendimentos, e conhecer a realidade do município.

No período da noite, a Secretária de Saúde, juntamente com os médicos do município, se reuniram no Hotel Xingu, para participarem do Aconselhando, um programa realizado pelo CRM-MT, que visa trocar informações, onde perguntam sobre o programa Mais Médicos, Atestado Médico, Publicidade, Prontuário, Erros Médicos, entre outras informações sobre o dia dia.

Querência recebeu muitos elogios na área da saúde, atingindo as expectativas do Conselho.

“Querência é uma cidade diferente da maioria das cidades do interior do Estado do Mato Grosso, tem uma estrutura muito boa, nós vimos que o hospital tem uma parceria muito boa com a Prefeitura Municipal e que parece que está dando certo. O Hospital tem uma estrutura física excelente, talvez seja a melhor que já vi da parte pública, os médicos também são bastante dedicados na profissão. Essa visita supriu nossas expectativas, realmente Querência está de parabéns” comenta o Presidente do Conselho de Medicina do Estado do Mato Grosso Dr. Gabriel Felsky dos Anjos.

PREFEITURA LANÇA EDITAL DE PRODUÇÃO ÁUDIO-VISUAL. TEMA É LIVRE.

Prefeitura lança edital de R$ 1 milhão para produção de conteúdo audiovisual de Cuiabá.

A Prefeitura de Cuiabá lançou o Edital de Licitação Procine Cuiabá 01 que apóia propostas de projetos audiovisuais. As produções terão o investimento de R$ 1 milhão, sendo R$ 660 mil concedidos pela Agência Nacional do Cinema (Ancine) e outros R$ 340 mil pela Prefeitura.Podem participar das inscrições apenas produtoras de cinema e vídeo (pessoa jurídica) com sede em Cuiabá. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 09 de setembro de 2015. O edital completo e a planilha de orçamento estão disponíveis no site da Prefeitura. O tema é livre.

Conforme o edital, o Procine vai viabilizar a produção de um telefilme no valor de R$330 mil, (duração entre 50 e 120 minutos), dois documentários de R$115 mil cada (duração de 52 minutos), dois curtas documentários com duração de 26 minutos, no valor de R$50 mil cada.Além de um curta de animação de R$100 mil (duração de até 20 minutos) e outros três curtas de ficção no valor de R$ 80 mil cada. As produtoras terão o tempo de 12 meses para realizar as criações.

“Este é maior edital específico para o audiovisual da história de Cuiabá. Estamos iniciando outra realidade que engloba o incentivo as produções independentes e o fortalecimento dos setores econômico, turístico e cultural da nossa cidade”, destacou o secretário municipal de Cultura, Esporte e Turismo de Cuiabá, Alberto Machado.

A análise dos projetos será feita por uma comissão julgadora formada por 02 membros indicados pela Associação dos Profissionais de Cinema e outras Tecnologias Audiovisuais de Mato Grosso (AMAV/ABD) e 03 membros indicados pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo.

Entre os requisitos estão criatividade, relevância cultural, eficiência do plano de produção, argumento de proposta de direção adotado, prospecção de mercado e currículo da empresa proponente, assim como dos diretores e equipe.

Para auxiliar as produtoras quanto ao funcionamento do edital, a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, realizará na próxima quarta-feira (29), às 19h, uma oficina. O encontro será no Museu da Imagem e do Som de Cuiabá (Misc).

INTER CAI NA LIBERTADORES. EX-COLORADO SOBIS PERDE PENALTI, MAS VAI A FINAL CONTRA RIVER.

17528083

O Internacional não resistiu à pressão no Estádio Universitario de Nuevo León. Nesta quarta-feira, em uma de suas piores partidas na temporada, o Colorado não foi páreo para o Tigres e acabou eliminado da Libertadores. A derrota por 3 a 1 poderia ter sido ainda pior, dadas as várias oportunidades desperdiçadas pelos mexicanos – a principal delas, um pênalti que Alisson defendeu em cobrança de Rafael Sobis.

Melhor desde o início, o Tigres fez 1 a 0 cedo, aos 17, com o francês Gignac. No fim do primeiro tempo, um gol contra do lateral Geferson deixou a situação dos gaúchos ainda mais complicada. Nem a volta para o intervalo melhorou o Inter: logo após o pênalti perdido por Sobis, aos seis minutos, Arévalo Ríos fez o terceiro. No restante da partida, o time da casa administrou a larga vantagem com tranquilidade. Lisandro López descontou no fim, mas era tarde para uma reação.

Na final, o Tigres enfrentará o River Plate, em duelo ocorrido na fase de grupos da competição. Foram dois empates na ocasião: 1 a 1 em Buenos Aires e 2 a 2 em Monterrey. O primeiro jogo será semana que vem, no México, e a decisão é no dia 5, no Monumental de Núñez. O Inter, por sua vez, volta à realidade do Brasileirão. Domingo o desafio é a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli.

O jogo– Mesmo com Eduardo Sasha liberado, o técnico Diego Aguirre optou por manter Lisandro López no ataque ao lado de Nilmar. A única mudança na escalação do Inter em relação ao jogo de ida, portanto, foi a volta de Juan à zaga, na vaga de Alan Costa.

Com muita pressão nas arquibancadas, o Tigres começou em cima. Logo a um minuto, Gignac soltou a bomba após escanteio e a bola só não entrou porque explodiu em William. O Inter chegou a equilibrar a posse de bola nos minutos seguintes, mas logo os mexicanos voltaram à carga. Aos 16, Gignac fez boa jogada pela direita e cruzou para Aquino, que chutou mal, de rosca. No minuto seguinte, Damm escapou pelo mesmo lado e cruzou para o francês testar para as redes.

O 1 a 0 já dava a vaga no saldo qualificado, mas o Tigres seguiu na pressão. Em jogada semelhante à do primeiro gol, Damm cruzou para Gignac, que desta vez bateu de primeira, por cima. O Colorado só foi ter arremate a gol aos 36, com Aránguiz, de muito longe. Aos 40, Valdívia bateu de primeira de fora da área e Guzmán defendeu com dificuldade em dois tempos.

Quando o Inter parecia se acertar em campo, um duro golpe: aos 40, Aquino fez lançamento buscando Damm, mas Geferson se antecipou. Porém, ao tentar dominar, o lateral colorado encobriu Alisson e fez gol contra: 2 a 0. Aos 46, quase o terceiro: em falta na risca da grande área, Juninho bateu por cima do gol.

AFP

O volante Arévalo Ríos marcou de cabeça na segunda etapa e fez 3 a 0 para o Tigres, encaminhando a vaga

No segundo tempo, o Tigres teve de cara uma grande chance de ampliar: Aquino entortou o lateral William na área e acabou derrubado. Pênalti, que Rafael Sobis desperdiçou, em uma grande defesa de Alisson. Mas a alegria colorada durou pouco: superior em campo, os mexicanos ampliaram aos 11 minutos, com Arévalo Ríos, que marcou de peixinho após cruzamento de Damm.

Precisando de dois gols agora, o auxiliar Enrique Carrera mexeu no Inter, retirando Nilmar, de atuação apagada, para a entrada de Eduardo Sasha. E logo em seu primeiro lance no jogo ele quase marcou: em cruzamento para a área, Ernando escorou e Sasha cabeceou no contrapé de Guzmán, que defendeu no reflexo. O Tigres respondeu em bom chute de longe de Arévalo Ríos, aos 21, defendido por Alisson. Aquino, aos 26, chutou por cima, após mais uma jogada em cima de William.

Sem conseguir pressionar, o Inter quase levou o quarto gol aos 41, mas Alisson salvou um voleio espetacular de Gignac. Aos 43, Lisandro López descontou após jogada de Sasha, mas era tarde para uma reação.(G.E).