GOVERNADOR RESPONDE PERGUNTAS DE INTERNAUTAS E 84 RÁDIOS.

EM AÇÃO INÉDITA, PEDRO TAQUES TRATOU DE ASSUNTOS DE VÁRIOS PONTOS DO ESTADO E TAMBÉM DE QUERÊNCIA.

c137445a50c763cb67844edc7e202e4c

SINARA ALVARES
Redação/Gcom-MT

Por uma hora o governador Pedro Taques respondeu a perguntas de rádios de todo Mato Grosso, além dos questionamentos enviados pelos internautas por meio do Facebook oficial do Estado. Entre as 8h e 9h desta sexta-feira (17.04), 84 rádios de Mato Grosso transmitiram ao vivo a primeira coletiva de imprensa exclusiva para rádios, uma iniciativa inédita do Gabinete de Comunicação do Governo do Estado (Gcom-MT).

Radialistas e internautas de todo o estado tiveram a oportunidade de tirar suas dúvidas e questionar diretamente o Governador Pedro Taques sobre temas como concurso público, segurança pública, saúde, educação e infraestrutura. Nas redes sociais a pergunta mais enviada foi sobre o concurso público da Polícia Civil, Polícia Militar e Bombeiros. “Após a reforma administrativa o governo pretende chamar 2 mil novos servidores para a segurança pública entre aprovados e cadastro de reserva”, explicou Taques.

Paulo Jorge da Rádio Club de Rondonópolis perguntou ao governador sobre investimentos nas polícias Civil e Militar e também no Copo de Bombeiros. Segundo Taques, Rondonópolis foi inserida nas quatro áreas prioritárias de atuação policial nos 100 primeiros dias de gestão, sendo contemplada com diversas operações como Start, Asfixia, Precisão e Interior Seguro. A cidade também será contemplada com incremento nos concursados.

O jornalista Ronaldo Couto da TV Serra Azul de Barra do Garças contou ao governador que esta preocupado com a retomadas das obras na região do Araguaia como o MT Integrado e o anel viário de Barra do Garças. Taques afirmou que as obras do MT Integrado serão retomadas a partir de abril. A expectativa é que sejam feitas 10 das 46 obras ainda em 2015. No Anel Viário de Barra do Garças, estão sendo feitas as fundações das pontes que serão construídas sobre o Rio Garças.

Para o governador, atender as rádios de municípios de todas as regiões do estado e ainda ter um contato direto com o cidadão por meio das redes sociais é fundamental neste Estado de Transformação que preza pela transparência e cuidado com o cidadão. “É importante levar informações para os cidadãos pelas rádios e também pelo Facebook. A transparência e a prestação de contas é um dever do servidor público, por isso faremos isso mais vezes como um instrumento de democracia, atendendo também jornalistas de outros veículos”.

O secretário de comunicação Jean Campos comemorou a participação das 84 rádios e considerou esta primeira entrevista coletiva exclusiva para rádios como um momento de prestação de contas com a população. Para Jean, esta é uma oportunidade do governador prestar contas com o cidadão que estão nos municípios. “Vamos ampliar esta participação das rádios dentro deste conceito de governo participativo. Uma das premissas desse governo é que não temos pudor de falar dos problemas, mas sim falar de como iremos enfrentá-los”, concluiu.

SINOP: ASSALTO AO CESSNA NA HORA DA DECOLAGEM.

Assaltantes rendem piloto e roubam avião em hangar de aeroclube em MT

Piloto se preparava para decolar quando foi rendido em Sinop.
Assaltantes armados abandonaram piloto e dois pedreiros em um milharal.

 Denise Soares Do G1 MT
Avião Cessna foi roubado de aeroclube em Sinop, Mato Grosso. (Foto: Arquivo Pessoal)
Avião Cessna foi roubado de aeroclube em Sinop, Mato Grosso. (Foto: Arquivo Pessoal)

Um avião Cessna foi roubado do hangar de um aeroclube na cidade de Sinop, a 503 km de Cuiabá, na tarde desta quarta-feira (15). O piloto da aeronave se preparava para decolar e seguir até o aeroporto da cidade quando foi rendido por dois assaltantes armados. As informações são de um empresário, dono do avião, que não quis se identificar por questões de segurança. As vítimas registraram boletim de ocorrência na Polícia Civil e comunicaram o fato à Aeronáutica. Até o momento não se sabe o rumo tomado pela aeronave em poder dos assaltantes. Nenhum suspeito foi identificado ou preso.

De acordo com o chefe da delegacia da Polícia Federal em Sinop, Samir Zugaide, a denúncia foi recebida e foi aberto um inquérito para investigar o crime. O avião, de prefixo PR-NFE, pertence a uma empresa que presta serviços no ramo madeireiro. O piloto iria até o aeroporto da cidade para abastecer a aeronave e buscar passageiros que seguiriam para o município de Cotriguaçu, a 920 km de Cuiabá.(G1).

PESQUISA APONTA CRESCIMENTO DE PUBLICIDADE ONLINE EM 2015.

O investimento publicitário na internet deve ser 14% superior em 2015 em relação ao ano anterior. A informação foi divulgada pelo IAB Brasil com base resultado em levantamento realizado pela comScore. A pesquisa contou com a colaboração das principais empresas do mercado digital brasileiro.

Crédito:Divulgação
Área de search e de classificados recebeu maior investimento em 2014

Segundo o site do Meio&Mensagem, o estudo mostra que o mercado anunciante investiu mais de R$ 8,3 bilhões em 2014 em digital. Para 2015, a projeção é de aproximadamente R$ 9,5 bilhões.

O segmento de search e classificados é o que movimentou o maior volume de verbas publicitárias em 2014, com R$ 3,9 bilhões, seguido por display e redes sociais (R$ 2,8 bilhões), vídeo (R$ 811 milhões) e mobile (R$ 721 milhões).

NUNCA HOUVE MULHER COMO GISELE

11041102_10155488627555083_4604073123112694799_n

“Sou muito grata por ter tido a oportunidade, aos 14 anos, de iniciar esta jornada. Hoje, após 20 anos nesta carreira, é um privilégio estar fazendo meu último desfile por escolha própria e ainda continuar trabalhando em outras facetas da indústria. #primeirodesfile #14anos”

Gisele Bundchen

gi1Lágrimas no último desfile em passarelas do mundo que aconteceu em São Paulo hoje.

gisele-bundchen-desfile-despedida-colcci-7A última entrada na passarela de uma profissional exemplar e referência de beleza e trabalho.

 

PARA TAQUES, JUSTIÇA ELEITORAL É A “PROTETORA DA DEMOCRACIA”.

https://i1.wp.com/www.mt.gov.br//storage/1/webdisco/2015/04/15/800x600/bdbaac0894b38004b6eb73688bc97afd.jpg

RENATA PRATA
Redação/Gcom-MT

A Justiça Eleitoral é a protetora da democracia, é ela quem garante a liberdade do cidadão escolher o seu destino e garante igualdade a todos diante do processo eleitoral. O voto de qualquer cidadão, seja homem ou mulher, independente da classe social que ele seja, de sua idade, tem o mesmo valor. Com essa definição, o governador Pedro Taques abriu seu discurso como convidado de honra do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso na solenidade de posse da desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas como presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e do desembargador Luis Ferreira da Silva como vice-presidente e Corregedor Eleitoral.

Durante o discurso de posse, Maria Helena Póvoas garantiu que não faltará aos deveres aos quais foi convocada e comemorou o fato de dois egressos da advocacia assumirem o comando da corte eleitoral pela primeira vez. “O criador não escolhe os preparados e sim prepara os escolhidos”, afirmou a magistrada. A desembargadora agradeceu ao ex-presidente do TRE, Desembargador Juvenal Pereira da Silva, com quem trabalhou junto nas eleições majoritárias de 2014, no cargo de Corregedora Eleitoral e vice-presidente e a parceria, devoção e comprometimento dos juízes e servidores que a auxiliaram na gestão passada.

Pedro Taques também usou seu discurso para agradecer a última gestão e dar as boas vindas a nova presidente. “Parabenizo o Doutor Juvenal pela condução dos trabalhos nas eleições de 2014, função na qual desempenhou com respeito, garantindo a democracia. Desejo sucesso a desembargadora Maria Helena nesta grande responsabilidade que está assumindo, de fazer com que a democracia saia da Constituição e possa ser vivida pelo cidadão”.

Uma das missões da nova diretoria do TRE é o desafio de recadastrar biometricamente mais de 100 mil eleitores até 2017 e a readequação da Justiça Eleitoral de Mato Grosso a diminuição de recursos repassados pelo Tribunal Superior Eleitoral, restrição que atingirá todos os tribunais do país. Apesar de a eleição municipal ser de competência originária dos juízes das zonas eleitorais, e não do TRE, a nova presidente ressaltou que acompanhará os preparativos para o pleito. “As eleições municipais são bem mais complexas do que a que nós vivenciamos em 2014 e obviamente estaremos ao lado dos juízes para dar todo apoio necessário”.

Falando em nome dos membros do pleno, o Juiz Federal Pedro Francisco da Silva destacou a importância de uma desembargadora assumir a Justiça Eleitoral em Mato Grosso. Maria Helena Póvoas é a segunda mulher a assumir a presidência do TRE-MT, que foi comandado entre 1985 e 1988 por Shelma Lombardi de Kato. “Toda a sociedade ganha com a participação feminina no espaço de decisões. A mulher tem uma sensibilidade que as permite enxergar além de nossas almas”.

A posse para o biênio 2015/2017 aconteceu durante sessão plenária na qual participaram, além dos juízes membros do Pleno, autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário. Entre os convidados especiais da sessão solene estavam o governador Pedro Taques, o prefeito de Cuiabá Mauro Mendes, o presidente da Assembléia Legislativa Guilherme Maluf e o presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Paulo da Cunha.

CORRUPÇÃO FOI PRINCIPAL MOTIVO DAS MANIFESTAÇÕES AVALIA DATAFOLHA.

955704-protesto_paulista120415_3

A corrupção foi o que mais motivou as pessoas a irem às ruas no último domingo, mostrou uma pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira. Segundo levantamento do instituto, que entrevistou 1.320 pessoas na Avenida Paulista no domingo, 33% dos manifestantes estão indignados com a corrupção – o motivo mais citado por eles para irem às ruas.

O impeachment da presidente Dilma Rousseff conta com o apoio de 77% das 100 mil pessoas que segundo o Data Folha estiveram no domingo na avenida Paulista _ para PM, o número foi de 275 mil. Mas nem metade delas acha que Dilma será afastada. Mesmo assim, somente 13% declararam terem saído de casa com a intenção de pedir o afastamento da presidente.

Uma em cada dez pessoas estava lá para protestar contra o PT.

Mais de 60% dos manifestantes disseram que estar indo às ruas novamente, segundo o DataFolha. Foram no domingo e no último dia 15 de março. Já o perfil do público que foi aos dois eventos é muito parecido, a não ser pela grande presença de pessoas mais velhas no ato deste domingo.

De acordo com o Datafolha, 41% do público presente tinha mais de 51 anos. É o dobro do que se viu na manifestação de março.

Questionados pelo Datafolha, 96% dos manifestantes consideraram o governo Dilma ruim ou péssimo.

Quase 80% dos manifestantes têm ensino superior, 35% trabalham com carteira assinada e 41% ganham acima de dez salários mínimos. No segundo turno da última eleição presidencial, 83% declaram ter votado no candidato Aécio Neves (PSDB) e apenas 3% em Dilma. Apesar disso, 95% afirmaram não serem filiados a nenhum partido.

Dos manifestantes, 74% sabem que o vice-presidente assumiria o governo em caso de um afastamento de Dilma. Noventa por cento sabe quem é o vice Michel Temer (PMDB).

Sobre o Congresso Nacional: 77% o consideram ruim ou péssimo, 19% acham que é regular e apenas 3% avaliam o trabalho de deputados e senadores como ótimo ou bom.

A grande maioria, 86%, prefere a democracia a uma ditadura, regime que é apoiado por apenas 9% dos que estiveram na avenida Paulista. Para 3% tanto faz.

A esquerda era minoria entre os manifestantes da Paulista; apenas 7% das pessoas se diziam dessa corrente. A maioria, 34%, disse ser de centro, 20% de centro-direita e 26% de direita.(O GLOBO).