HOLANDESES VISITAM ESCOLA AGRÍCOLA DE QUERÊNCIA.

Icco promove a visita de estudantes holandeses a iniciativas socioambientais na Bacia do Xingu

ISA, Sara Nanni.

Sete estudantes da Holanda e representantes da Organização Intereclesiástica para o Desenvolvimento (Icco) estiveram na região da Bacia do Xingu, de 13 a 19 de agosto. Os estudantes holandeses fazem parte de um programa da Icco, que trata do tema mudanças climáticas, denominado Fair Climate.

Iniciativas socioambientais em assentamentos e pequenas propriedades rurais, a realidade de uma aldeia indígena, uma fazenda produtora de soja e muitos quilômetros de estrada de chão batido estiveram no roteiro da visita de sete estudantes da Holanda e representantes da Organização Intereclesiástica para o Desenvolvimento (Icco) à região da Bacia do Xingu, de 13 a 19 de agosto.

Os estudantes holandeses fazem parte de um programa da Icco que trata do tema mudanças climáticas, denominado Fair Climate. Por esse motivo, eles são chamados “embaixadores do clima” e têm a missão de disseminar os conhecimentos que foram apreendidos durante a visita para as escolas, universidades, famílias e igrejas de seu país de origem. A Icco, sediada em Utrecht, na Holanda, é uma das instituições apoiadoras da Campanha Y Ikatu Xingu e parceira do Instituto Socioambiental (ISA).

Antes de irem a Canarana, os holandeses estiveram em Brasília, onde conversaram com Mercedes Bustamante, especialista em biodiversidade do Cerrado e professora do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília (UnB), e Carlos Gurgel, do Laboratório de Gaseificação de Biomassa, também da UnB. Ainda em Brasília visitaram o escritório do ISA, o Museu Juscelino Kubitscheck e o Memorial dos Povos Indígenas, onde foram recebidos por Marcos Terena.

Estudantes holandeses na casa de sementes, em Canarana

Em Canarana, os estudantes conheceram a casa de sementes e o viveiro de mudas – construído pelo ISA em parceria com a prefeitura – e também a fazenda de Terezinha Goldoni, no Garapu, onde há experimentos com agrofloresta, plantio de mudas e de sementes de forma manual e mecanizada. Eles também tiveram uma reunião com Eliane Felten, secretária de agricultura do município, e receberam informações sobre o processo de colonização e a estrutura fundiária da região. No município de Querência, aconteceram visitas à Escola Família Agrícola (Emfaque), à aldeia Ngôjwêre, ao Projeto de Assentamento (PA) Brasil Novo e à Fazenda Tanguro. Diferentes realidades para contextualizar a situação do desmatamento no Mato Grosso, e apresentar algumas soluções criadas para minimizar esse problema. Toda a visita foi acompanhada por Luciano Eichholz, engenheiro florestal e técnico do ISA.

Holandeses visitam agrofloresta no Garapu, acompanhados por técnicos do ISA

A visita dos holandeses foi concluída com um sobrevôo em algumas áreas dentro do Parque Indígena do Xingu e no seu entorno. Antes de retornarem ao seu país, foram até Brasília para uma reunião com o embaixador da Holanda no Brasil para conversarem sobre políticas de cooperação entre os dois países para mitigar efeitos e impactos das mudanças climáticas. Reuniram-se ainda com Geraldo Siqueira, chefe de gabinete da Secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental.

Raimer Rodrigues Rezende, 30 anos, é brasileiro e mora na Holanda há sete anos, onde faz mestrado em políticas ambientais na Universidade de Utrecht. Foi numa conferência sobre mudanças climáticas em seu país, em dezembro de 2007, que ficou sabendo da viagem que seria feita ao Brasil e resolveu entrar para o programa Fair Climate da Icco, tornando-se também um embaixador do clima. Ele conta que, quando voltar à Holanda, escreverá artigos sobre o que viu na visita à região da Bacia do Xingu, e pretende publicá-los em sites e revistas que têm a ver com a América Latina. “Não basta cessar o desmatamento e o consumo de soja. O problema está no modelo de desenvolvimento e nos padrões de consumo que foram exportados pelos países ricos para todo o mundo. E agora é preciso apoiar a difusão de modelos alternativos de desenvolvimento”.

Anúncios

MÓVEIS GAZIN FINALIZA OBRA PARA INAUGURAÇÃO EM QUERÊNCIA.

A rede Móveis Gazin está em fase de finalização da obra em Querência que pretende inaugurar agora em Setembro. A data ainda não está definida, mas o respónsável pela gerência da loja já está morando na cidade e fazendo o levantamento de profissionais para definição da futura equipe de vendas do novo estabelecimento. Mais informações no telefone 3529-1441 com Sr. Jorge.

PROMOÇÃO EU ADORO LER

Em instantes começa o sorteio que vai premiar mais uma vez os leitores do QUERÊNCIA HOJE. Desta vez uma obra sobre Filosofia. Em minutos divulgaremos o sorteado que uma vez anunciado deverá ligar para o Editor Homero Sergio para agendar a retirada do exemplar.

Da redação.

EU ADORO LER: SORTEIO HOJE 18 HORAS.

PROMOÇÃO: EU ADORO LER

Livro doado pela EDITORA ALMEDINA grupo português que atua no Brasil com os livros da Edições 70, em mais uma parceria dentro da promoção EU ADORO LER. Para concorrer ao sorteio desta obra filosófica, basta escrever um comentário e o livro será sorteado no dia 29 de agosto na redação do QUERÊNCIA HOJE. Obra de Bertrand Russell.

 

Esta obra não é apenas uma introdução à filosofia; é também uma apresentação e defesa de algumas das teorias que caracterizam a filosofia de Russell: a sua famosa teoria das descrições definidas, a epistemologia do contato, a teoria descritivista dos nomes prórios, a teoria realista dos universais, das relações e das leis da lógica, e da teoria da verdade como correspondência, entre outras.

JOGOS: TIME DE QUERÊNCIA VENCE CANARANA POR 4X1 E CARIMBA A TAÇA DE CAMPEÃO NO FUTSAL FEMININO.

FOTO: HOMERO SERGIO

Esporte em harmonia.

Imbatíveis as meninas do futsal venceram Canarana por 4×1 no último jogo programado no Ginásio Nilo Perin dando adeus aos Jogos Estudantis 2008 com sucesso. Mais uma vez a rápida movimentação no ataque e a troca de passes facilitou a vida do time de Querência que recebe daqui a pouco o troféu de campeãs sem perder uma partida sequer e tendo sofrido apenas 4 gols na competição. Destaque no jogo de hoje para Deborah que marcou os dois primeiros gols.

BANCADA RURALISTA PEDE PRAZO PARA PROPOSTAS DE ALTERAÇÃO DO DECRETO AMBIENTAL.

  
Representantes da bancada ruralista do Congresso Nacional pediram ao ministro Carlos Minc mais prazo para entregar as propostas de alteração ao Decreto 6.514/08 que regulamenta a Lei de Crimes Ambientais.

Em reunião ontem (26) ficou acordado que na próxima quinta-feira eles encaminharão ao ministro as sugestões do setor produtivo para alteração daquela legislação. Os parlamentares afirmaram que é necessária a revisão urgente de toda a legislação ambiental brasileira e pediram apoio do ministro para desmistificar a imagem de que a agricultura é o vilão do meio ambiente.

Minc afirmou a importância de ter o setor produtivo como parceiro e que vai trabalhar para construir uma proposta que não paralise a produção e atenda aos princípios ambientais.

Além das alterações nesse decreto, um grupo de trabalho integrado por parlamentares e representantes dos ministérios do Meio Ambiente, da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário está sendo montado para trabalhar na revisão da legislação ambiental, incluindo o Código Florestal.

O grupo terá prazo de 120 dias para apresentar as propostas que, segundo Minc, serão construídas ouvindo todos os segmentos envolvidos desde os produtores até as organizações ambientalistas.