Sem-categoria

ADIADO O JULGAMENTO DO RECURSO E CASCALHEIRA AINDA TEM PREFEITO INTERINO.

O pedido de vista do segundo vogal, juiz Renato Vianna, adiou a conclusão do julgamento do recurso que buscava a reforma da sentença que cassou o registro de candidatura do prefeito eleito de Ribeirão Cascalheira, Francisco de Assis dos Santos (Diá) e de sua vice Altamira Nunes Vieira, e aplicou multa R$ 26.070 mil. O julgamento do recurso foi iniciado na sessão plenária desta terça-feira (28).
          
           A juíza relatora do processo, Adverci Rates Mendes de Abreu acompanhou o parecer do Ministério Público Eleitoral e votou pela manutenção da sentença de cassação e da multa. Acompanharam a relatora a juíza Maria Abadia Aguiar e os juízes José Zuquim Nogueira e Yale Sabo Mendes. Já o desembargador Rui Ramos Ribeiro preferiu aguardar o resultado do pedido de Vista de Vianna.
          
           No município, permanece no cargo de prefeito interino o presidente da Câmara Daniel Correia Beraldo.

FONTE: TRE-MT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s