Sem-categoria

SARNEY ADMITE TER RECEBIDO AUXÍLIO-MORADIA IRREGULAR E PROMETE DEVOLVER.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), admitiu nesta quinta-feira (28) receber de forma irregular auxílio-moradia de R$ 3,8 mil mensais desde o ano passado. Ele disse ter ordenado o cancelamento do pagamento e prometeu debater novas regras para o pagamento do auxílio-moradia em reunião da Mesa Diretora que acontece nesta manhã.

O ressarcimento será feito por meio de desconto na folha de pagamento dos senadores.

Sarney tem residência em Brasília, o que impediria o recebimento do benefício. Seu caso agrava-se ainda pelo fato de que desde fevereiro, por ser presidente da Casa, ele mora na residência oficial do Senado.

José Sarney é ex-Presidente e atualmente além de Presidente do Senado é escritor com vários livros produzidos. Admirador de Drummond que fez um poema que tem o seu nome.

    JOSÉ
            E agora, José?
              A festa acabou,
              a luz apagou,
              o povo sumiu,
              a noite esfriou,
              e agora, José?
              e agora, você?
              você que é sem nome,
              que zomba dos outros,
              você que faz versos,
              que ama, protesta?
              e agora, José?

          Está sem mulher,
          está sem discurso,
          está sem carinho,
          já não pode beber,
          já não pode fumar,
          cuspir já não pode,
          a noite esfriou,
          o dia não veio,
          o bonde não veio,
          o riso não veio
          não veio a utopia
          e tudo acabou
          e tudo fugiu
          e tudo mofou,
          e agora, José?

          E agora, José?
          Sua doce palavra,
          seu instante de febre,
          sua gula e jejum,
          sua biblioteca,
          sua lavra de ouro,
          seu terno de vidro,
          sua incoerência,
          seu ódio – e agora?
          Com a chave na mão
          quer abrir a porta,
          não existe porta;
          quer morrer no mar,
          mas o mar secou;
          quer ir para Minas,
          Minas não há mais.
          José, e agora?

          Se você gritasse,
          se você gemesse,
          se você tocasse
          a valsa vienense,
          se você dormisse,
          se você cansasse,
          se você morresse…
          Mas você não morre,
          você é duro, José!

          Sozinho no escuro
          qual bicho-do-mato,
          sem teogonia,
          sem parede nua
          para se encostar,
          sem cavalo preto
          que fuja a galope,
          você marcha, José!
          José, para onde?

CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

Sem-categoria

SECRETÁRIA DE AÇÃO SOCIAL FAZ ANIVERSÁRIO E RECEBE PRESENTE ORIGINAL DA ESCOLA AGRÍCOLA.

FOTOS: HOMERO SERGIO

rose2

Aniversariante do dia Roseli Gorgen em seu gabinete na Ação Social.

ROSE1

Roseli com dois alunos Lucia e Samuel que foram representar os alunos.

A Primeira Dama e  Secretária de Ação Social Roseli Gorgen faz aniversário hoje e para começar bem o dia recebeu em seu gabinete um presente da EMFAQUE (ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA DE QUERÊNCIA) com cestas de produtos ali produzidos e preparado com o cuidado dos alunos que lá estudam. A cesta contém desde bananas, côcos, mandioca, rabanetes, limão,mamâo, cará, alface, araçaboi, cebolinha sem falar na cuca deliciosa,  todos de excelente qualidade e que foram colhidos na manhã de hoje.

A entrega foi feita na presença de Alda Wentz Diretora da EMFAQUE, do Coordenandor de Campo Erivaldo e dos alunos Samuel e Lucia que deram os parabéns à aniversariante.

rose3

Erivaldo,Lucia, Alda,Samuel, Rose e Iva no gabinete e as cestas de delícias da EMFAQUE.

Sem-categoria

INTER FAZ A LIÇÃO DE CASA. 3X1 NO CORITIBA.

INTER

De virada, o Inter venceu o Coritiba por 3 a 1, nesta noite de quarta-feira, no Estádio Beira-Rio. A partida dá início às semifinais da Copa do Brasil. Taison teve grande atuação, marcando o gol de empate e construindo as jogadas para os gols de Alecsandro e Andrezinho. Marcos Aurélio abriu o placar para o Coritiba.

D’Alessandro orquestra a recuperação

O Coritiba adotou como estratégia marcar intensamente a saída de bola do Inter. Com isso, o técnico René Simões garantiu à sua equipe tranquilidade para controlar a partida nos primeiros minutos, dificultando as trocas de passes características do meio-campo colorado.

E com o posicionamento adiantado, o Coritiba conseguiu abrir cedo o placar. Aos 14min, Márcio Gabriel apoiou às costas de Kleber, e cruzou rasteiro. Alvaro errou o bote e Marcos Aurélio bateu de primeira, com força, no ângulo direito. Coritiba 1 a 0. Mas D’Alessandro não se conformou com a derrota parcial. O camisa 10 do Inter movimentou-se pelos lados, aproximou-se dos companheiros para as tabelas, e comandou toda a articulação ofensiva do Inter.

Sete minutos depois de sofrer o gol, o Inter chegou ao empate. D’Alessandro foi premiado pela insistência. O argentino lançou Nilmar na área, a bola escapou do atacante, mas Taison com oportunismo dominou e bateu rasteiro, no canto esquerdo: Inter 1 x 1 Coritiba. Ainda no 1º tempo, o Inter perdeu Nilmar. O jogador recebeu uma falta forte, deixou o gramado com dores nas costas, e de maca. Alecsandro substituiu o camisa 9 colorado.

Taison dá show no Beira-Rio

Se na etapa inicial ele marcou o gol de empate, no 2º tempo Taison decidiu que era a hora do show começar. Aos 14min, ele partiu para cima da defesa Coxa Branca, driblou três jogadores pelo meio, parou na área e serviu a Alecsandro. Livre, o substituto de Nilmar fuzilou o goleiro Vanderlei, virando o jogo. Dois minutos depois, Taison novamente infernizou os zagueiros.

Desta vez na linha de fundo, pela direita, ele cruzou para trás. Andrezinho recebeu, matou no peito e bateu com categoria, fazendo 3 a 1 para o Inter. O Coritiba já não conseguia mais exercer a mesma marcação avançada do primeiro tempo. Do contrário, o Inter aumentava a velocidade, em contra-ataques de grande perigo. No final, Tite substituiu Andrezinho e D’Alessandro, e a equipe do técnico Tite controlou a partida, sustentando a vitória de 3 a 1.

Jogo de volta

O jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, entre Inter e Coritiba, está marcado para o dia 03 de junho, às 21h50min, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Sem-categoria

R$ 100 MILHÕES PARA COMPRA DE MOTOS PARA O TRABALHADOR.

 O Codefat (Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador) autorizou nesta quarta-feira a abertura de duas linhas de crédito com recursos do fundo. Segundo o ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, a primeira, no valor de R$ 100 milhões, é destinada à compra de motocicletas por pessoas que usam esse tipo de veículo para trabalhar, como os motoboys.

A Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) aprovou a medida. De acordo com Moacyr Alberto Paes, diretor executivo da entidade, “a linha de crédito é um forte incentivo para a categoria dos motofretistas, pois proporciona melhorias na condição de trabalho dos profissionais do segmento e colabora para a modernização da frota”.

A segunda linha de crédito, no valor de R$ 200 milhões, destina-se à formação de capital de giro em empresas de turismo e será lançada no dia 8 de junho, no Rio de Janeiro, em cerimônia que terá também a presença do ministro do Turismo, Luiz Barretto. Lupi informou que, para a linha de crédito entrar em vigor, a medida precisa ser publicada no “Diário Oficial da União”. Os recursos estarão disponíveis para os trabalhadores em breve, disse ele.

Condições

Segundo o Ministério do Trabalho, podem ter acesso a linha “FAT-Motofrete” pessoas físicas autorizadas, trabalhadores autônomos inscritos no INSS ou classificados como motociclistas no transporte de pequenos valores.

A linha prevê o financiamento de 100% para motonetas ou motocicletas novas, de até 150 cilindradas, incluído o seguro inicial. O prazo de contratação do crédito pode ser em até 48 meses, com taxa de juros que varia de 6% a 18%. Segundo o ministro Lupi, o financiamento terá três taxas de juros, de acordo com o prazo: em 24 meses, a taxa efetiva final será de 6% ao ano; em 36 meses, 12% ao ano; e em 48 meses, 18% ao ano.

Sem-categoria

ENCONTRO DE APAES EM QUERÊNCIA COMEÇA HOJE.

XI ENCONTRO DOS PROFESSORES APAEANOS DO 10º CONSELHO REGIONAL DAS APAEs DE MT

CEERE – APAE

QUERENCIA – MT

 

APAES PARTICIPANTES:

CEERE-APAE QUERENCIA

APAE CANARANA

APAE CASCALHEIRA

APAE  NOVA XAVANTINA

APAE GAÚCHA DO NORTE

PESTALOZI ÁGUA BOA

 

“Inclusão supõe igualdade enquanto união em torno de objetivos comuns, mas na diversidade: somos diferentes, mas estamos juntos.” Maria Angélica

“As escolas são microcosmos da sociedade, e servem como área de treinamento, onde se deve dividir responsabilidades e propiciar os relacionamentos. “ Hilde Cristina

“A escola deve ser vista como um lugar em contínua transformação, onde o professor precisa aprender a trabalhar com a singularidade e a diversidade.” Hilde Cristina

“Excluir alguém significa, deixar de aprender realidades novas com a pessoa excluída. A inclusão nos ensina muito mais do que a exclusão.” Julia Raquel Paschoal

 

PROGRAMAÇÃO

 

DIA 27/05 QUARTA – FEIRA

18:00 – ABERTURA

19:00 – TRABALHO ESPECIALIZADO – PROCESSO DE INCLUSÃO DE QUERÊNCIA : MÁRCIA SALVI

 

DIA 28/05 QUINTA – FEIRA

7:30 / 11:30 – FISIOTERAPIA – FISIOTERAPEUTAS NATALIA DANTAS E DANYELLEN LAMÃO

14:00 / 18:00 – ALFABETIZAÇÃO – MÉTODO FONÉTICO – PROFESORA JUDITE MILITZ

19:30 / 22:30 – TROCA DE EXPERIENCIAS ENTRE APAES

 

DIA 29/05 SEXTA – FEIRA

7:30 / 11:30 – PSICOLOGIA – PSICÓLOGA JACIELE HEMANN

– FONOAUDIOLOGIA – FONODIÓLOGA CLAUDIA SANTOS

13:30 / 18:00 – – ALFABETIZAÇÃO – MÉTODO FONÉTICO – PROFESSORA JUDITE MILITZ

19:30 – ENCERRAMENTO E CONFRATERNIZAÇÃO

Sem-categoria

DO BLOG DO NOBLAT: CURITIBANOS: NOVAMENTE ÀS RUAS!

Os curitibanos tinham um bom motivo para ir às ruas protestar – e foram na semana passada, indignados com a morte de dois rapazes, um de 20 anos de idade e o outro de 26, atropelados por um motorista embriagado, o deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho (PSB).

Com a carteira de motorista suspensa por excesso de multas, Carli Filho dirigia a 190 quilômetros por hora. O teor de álcool encontrado no seu sangue era quatro vezes superior ao limite permitido. Amigos do deputado tentaram aliviar a situação dele. Sem sucesso.

Os curitibanos têm um novo motivo para sair novamente às ruas. Quatro dos cinco membros do Conselho de Ética da Assembléia Legislativa do Paraná, responsáveis por aceitar ou não o pedido de cassação do mandato de Carli Filho, estão com suas carteiras de motorista suspensas, embora continuem dirigindo.

Por que suspensas?

Por desrespeito às leis de trânsito, ora. Dos 54 deputados estaduais, 14 encontram-se na mesma condição.

O que seria normal se restasse algum pingo de vergonha na cara dessa gente?

Que os quatro sem carteira do Conselho de Ética se declarassem impedidos de julgar seu colega e fossem substituídos. E que os outros 10 sem carteira procedessem da mesma forma quando o caso chegar ao plenário da Assembléia para ser votado.

Você acredita que será assim?

Por último, uma perguntinha: por que o PSB ainda não expulsou Carli Filho? O que falta para fazê-lo?

Ou dirigir sem carteira de motorista, bêbado, a 190 quilômetros por hora, atropelar e matar duas pessoas não são motivos suficientes para que um partido se livre de um filiado incômodo, irresponsável e criminoso?

Sem-categoria

COMARCA DE COLNIZA TERÁ AUMENTO NO CONTINGENTE POLICIAL.

Redação 24HorasNews

A partir de primeiro de julho próximo a Comarca de Colniza (1.065 km ao noroeste de Cuiabá) passará a contar com mais 20 policiais militares que integrarão o efetivo do município, que hoje soma apenas oito. O aumento no contingente policial é resultado de intensa negociação realizada pelo Poder Judiciário de Mato Grosso junto à Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública e o Comando Geral da Polícia Militar, para dotar a comarca de melhor condições de segurança para a entrega da prestação jurisdicional.
     
     O reforço na segurança policial de Colniza é decorrente de medida adotada pelo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Mariano Alonso Ribeiro Travassos que, por meio da Coordenadoria Militar da Instituição, intermediou a negociação com os órgãos competentes com vistas a buscar os meios necessários para o cumprimento da missão institucional dos órgãos da Justiça que é promover a paz social. O município é sede de comarca desde dezembro de 2005.
     
     As condições de trabalho, incluindo a segurança de magistrados e servidores, é pauta permanente da agenda de trabalho da atual gestão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Recentemente, em face de ameaças à integridade física perpetradas contra o juiz Alex Nunes de Figueiredo, titular da Terceira Vara Criminal da Comarca de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), o presidente do TJMT determinou que o fato fosse oficiado o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, solicitando as providências necessárias à proteção do magistrado, bem como a averiguação da situação prisional de Cáceres que, nos termos da denúncia, seria a fonte das ameaças

Sem-categoria

EMBAIXADORA E ONGS SUECAS VISITAM MT NOS PROJETOS DE REFLORESTAMENTO.

SUECOS

Com o intuito de conhecer os projetos que Mato Grosso tem na área de reflorestamento foi que a embaixadora da Suécia, Annika Markovic, trouxe ao Estado uma comitiva composta por doutores em Ciências Agrícolas, entidades não governamentais suecas ligadas ao meio ambiente (institutos e empresas privadas) além de representantes da Secretaria Nacional de Assuntos estratégicos da Presidência da República.

Os 17 integrantes da comitiva estiveram na manhã desta terça-feira (26-05) na comunidade de Barranco Alto, no município de Santo Antônio de Leverger (37 quilômetros ao Sul de Cuiabá), onde conheceram o “Projeto Ação Verde” e o viveiro de mudas preparadas para o reflorestamento, programa denominado Verde Rio.

Ao chegarem na comunidade, foram recepcionado por populares e membros do projeto, que entregaram a embaixadora uma Viola de Cocho e fizeram uma pequena demonstração da cultura regional. Em seguida o superintendente do Instituto Ação Verde, Paulo Henrique Borges, fez a apresentação dos projetos desenvolvidos no programa e respondeu os questionamentos feitos pelos visitantes.

O projeto Verde Rio é desenvolvido pelo Instituto Ação Verde, em parceria com o Governo do Estado e outras instituições, e tem como objetivo recuperar e preservar 100% das matas ciliares dos principais rios de Mato Grosso até o ano de 2020.

Paulo acredita que pode surgir bons frutos deste encontro. “A visita que recebemos hoje é muito importante, pois o trabalho que aqui desenvolvemos, o processo de recuperação das margens dos principais rios assoreados de MT, é um muito sério, uma união de esforços não só do instituto mas de vários segmentos. E a visita de um corpo técnico e essa troca de experiência de tecnologia vem muito a somar, a esse processo tão difícil de recuperação de áreas degradadas. Acredito que visitas como essa pode trazer benefícios ao projeto, e conseguir a captação de recursos por parte de organizações internacionais é um sonho que pode se realizar através desses contatos”.

Após verem os processos que as sementes e mudas passam os suecos foram levados a margem do Rio Cuiabá, onde puderam comprovar o assoreamento e também plantaram mudas.

A embaixadora Annika elogiou o projeto e as ações que o Governo do Estado desenvolve. Essa é a sua segunda visita, em março deste ano ela veio com uma equipe de embaixadores da união européia. “Esta segunda vez aqui, é uma visita de estudo, para conhecer mais a região amazônica, a potencialidade e o que estão trabalhando em beneficio do meio ambiente. A comitiva representa uma grande diferença de trabalhar junto com os estados brasileiros. Na Suécia temos um grande interesse de cooperar mais com o Brasil. Nesta delegação estão representantes de vários segmentos que demonstra esse interesse. Este projeto que vimos aqui é muito interessante e difícil, um desafio. Uma boa política, envolvendo os governos de Estado e Federal de fazer um investimento para o futuro, isso é necessário para a região, mas estão de parabéns. A Suécia tem 100 anos de desmatamento, então temos muita experiência em trabalhos de reflorestamento, podemos contribuir como aprender com o que aqui é desenvolvido”.

Depois de visitarem Mato Grosso, a comitiva segue para Manaus (AM), Rio Branco e Xapuri (AC). Eles irão conhecer os projetos que essas regiões também desenvolvem em reflorestamento.

O professor Jonas Rönnlund da Universidade Sueca de Ciências Agrícolas está bem confiante nestas ações “Tenho boas perspectivas e estou muito curioso para saber como estará este projeto daqui há cinco ou dez anos. É bom saber que ações estão sendo tomadas em prol do reflorestamento, pois a imagem que se tem na mídia da Europa, é que a Floresta Amazônica em breve vai desaparecer com as ações devastadoras. E esta visita é pra ver e provar o que a população está fazendo para impedir que isso aconteça. É importante educar as pessoas sobre as questões ambientais, vários países já fizeram isso, pois é melhor educar do que depois reflorestar e recuperar áreas degradadas, gasta-se menos com projetos assim”.

Além de reflorestar as margens assoreadas, o projeto ainda qualifica os ribeirinhos que cuidam e plantam as mudas as margens dos rios. Cerca de 80% dos funcionários são de moradores locais, que estão aprendendo a importância das árvores às margens dos rios.

Acompanham ainda a embaixadora, os membros da Agência Florestal Sueca, Johan Wester e Ulrika Wahstrom, a representante do Conselho Sueco de Agricultura, Camila Tolke, da Universidade Chalmers de Tecnologia, Martin Persson, os membros do Instituto Real de Tecnologia, Semida Silveira, e Maria Gómez, acadêmico da Universidade Sueca de Ciências Agrícolas Anders Malmer, as 1ª secretárias na Embaixada da Suécia, Katarina Clifford, e Elin Kronqvist, o subsecretário de desenvolvimento da Secretaria Nacional de Assuntos Estratégicos (SAE), Daniel Vargas, o chefe de gabinete da SAE, Daniel Vila Nova, e o assessor técnico da SAE, Arthur Coimbra de Oliveira.

Sem-categoria

PINHALZINHO REABRE NA SEGUNDA. HOJE FOI DIA DE RECEBER O CARINHO DAS FILHAS.

FOTOS: HOMERO SERGIO

recomecar2

A primeira foto da família  diante da nova moradia. Faltou o filho Cristian que estava fora.

Para o casal Urbano e Lucia Boesing que são donos da Pinhalzinho incendiada no domingo, hoje foi  um dia de muita  alegria. Depois de perder a casa e muitas das lembranças de 23 anos na mesma moradia, a alegria deu-se com a chegada de duas filhas que moram distante. Lucinéia vive no Chile e de lá acompanhou o drama da família pelo portal QUERÊNCIA HOJE e a Marilei veio de Goiânia e na tarde de hoje junto da outra  irmã Meliane que vive em Querência, tiraram a primeira foto de família deste novo tempo em frente a futura residência que são nos aptos do fundo da loja.

Para recomeçar Urbano pediu que mais uma vez fizesse de público um agradecimento à todos  que pela menor ajuda que receberam de cada morador  da cidade e que cada um se sinta abraçado pela família. E aproveitou para  contar  para esse repórter que o primeiro utensílio  da nova casa adquirido foi um fogão de 4 bocas grandes para ele fazer a GALINHADA que é seu prato predileto.

A loja já está sendo remontada e pintada com portas novas e a decisão é que reabra já nesta segunda para voltar a normalidade do trabalho.

Veja como foi o reencontro com as filhas na tarde de hoje junto aos parentes e uma cuia de chimarrão.

recomecar1

Lucinéia veio do Chile numa viagem de 30 horas para abraçar a mãe e se emocionar.

recomecar3

recomecar4

Com parentes de Canarana.

recomecar5

Roupas lavas pelos amigos.

Sem-categoria

FOLHA DE S.PAULO PUBLICA NOTÍCIA BOMBA.

JANIO DE FREITAS

Al Qaeda no Brasil


Prisão de terrorista feita pela PF em São Paulo está sob sigilo rigoroso; só governo dos EUA tem informações


ESTÁ PRESO no Brasil, sob sigilo rigoroso, um integrante da alta hierarquia da Al Qaeda.
A prisão foi feita pela Polícia Federal em São Paulo, onde o terrorista estava fixado e em operações de âmbito internacional. Não consta, porém, que desenvolvesse alguma atividade relacionada a ações de terror no Brasil.
A importância do preso se revela no grau de sua responsabilidade operacional: o setor de comunicações internacionais da Al Qaeda. Tal atividade sugere provável relação entre recentes êxitos do FBI e a prisão aparentemente anterior feita em São Paulo. Há cinco dias, o FBI prendeu por antecipação os incumbidos de vários atentados iminentes nos Estados Unidos, inclusive em Nova York.
A cautela para preservação do sigilo fez a Polícia Federal atribuir a prisão, até mesmo para efeito interno, a investigações sobre células de neonazistas. Só o governo dos Estados Unidos tem informações do ocorrido em São Paulo, mesmo porque o FBI e o grupo americano antiterrorismo têm agentes no Brasil em ação conjunta com a Polícia Federal.
A escolha de São Paulo pela Al Qaeda parece decorrer, ao menos em parte, da conjunção de neutralidade simpática do governo brasileiro ante os países islâmicos e de inexistir, aqui, obsessão (e motivos para tê-la) antiterrorista. São Paulo, por sua vez, como a máfia, a camorra e coirmãs têm demonstrado, proporciona as condições populacionais e urbanísticas para desaparecer-se no gigantismo geral. O que, já nos anos 60-70, fizera os movimentos de luta armada a escolherem para seu campo de ação preferencial.
Por menos que a atividade do agora preso tivesse a ver com o Brasil, do ponto de vista brasileiro há um aspecto grave na constatação de sua presença aqui. Só Foz do Iguaçu, por estar na chamada Tríplice Fronteira, era vagamente citada como possível local de apoiadores de movimentos islâmicos. Com a presença ativa de um integrante da Al Qaeda em São Paulo, o Brasil entra no mapa das fixações internacionais do antiterrorismo. E nisso só há inconvenientes.