STF DECIDE: BASTA UM DOCUMENTO COM FOTO NA HORA DO VOTO.

DO G1.

Por oito votos a dois, os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiram nesta quinta-feira (30) que o eleitor precisará de um documento com foto na hora da votação. O plenário julgou uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) apresentada pelo PT, que pedia que a Corte derrubasse a exigência de apresentação de dois documentos para votar -o título de eleitor e outro, com foto.

O PT argumentava que a ausência do título acabaria “por cassar o exercício da cidadania do eleitor”. A ação é resultado da preocupação da sigla na candidatura de Dilma Rousseff e da possibilidade de um grande número de abstenção na camada mais pobre, que vota na petista.

TSE prepara nova campanha para alertar sobre documentação exigida para votar

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e integrante do STF, Ricardo Lewandowski, anunciou que a Justiça Eleitoral já está produzindo uma nova campanha nacional para explicar sobre a decisão do Supremo sobre a exigência de apenas um documento com foto para votação. O tribunal veiculava na mídia ainda hoje inserções alertando para a necessidade da dupla documentação. Para o ministro, a decisão do STF não provocará confusão.

– Já estamos fazendo uma campanha no rádio e na TV para esclarecer o eleitor sobre essa decisão que o STF acabou de tomar. Dará tempo (de esclarecer), porque a grande maioria dos eleitores sabe que teria de comparecer com os dois documentos – disse o ministro, aproveitando a oportunidade para fazer um apelo para que o eleitor vote com consciência, após analisar o passado dos candidatos.

Anúncios

APÓS SE RECUPERAR DOS FERIMENTOS “NEGO DA GAITA” FOI PARA CADEIA PÚBLICA DE CANARANA.

DO ÁGUABOANEWS.

Na tarde desta terça-feira (28) foi conduzido para a cadeia pública de Canarana, Evalidio da Rocha vulgo “Nêgo da Gaita”, acusado de cometer o crime de homicídio contra Ricardo Américo Althemann e a tentativa contra mais 3 pessoas na última sexta-feira 24.09.

Evalidio estava hospitalizado no Hospital Regional de Água Boa recuperando-se dos ferimentos. O crime aconteceu no domingo em frente ao Choppinho e chocou Canarana.

TRE-MT PROÍBE SAQUES MAIORES QUE R$ 5 MIL PARA EVITAR CORRUPÇÃO.

Cristiane Gomes-RDNEWS.

 Os saques em dinheiro ficarão limitados entre esta quarta (29) e 3 de outubro em todos os bancos que atuam em Mato Grosso. Com a medida, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) espera coibir a compra de votos no Estado. Os candidatos, bem como representantes de partidos, coligações, coordenadores e colaboradores de campanhas políticas estão proibidos de fazer saques acima de R$ 5 mil. A portaria veda, inclusive, saques feitos de forma cumulativa.

   Para determinar o limite nos saques, o presidente do TRE, desembargador Rui Ramos, levou em consideração o recebimento de denúncias que ainda estão sendo investigadas sobre compra de votos por parte de candidatos em Mato Grosso. O Banco Central vai notificar todas as agências bancárias do Estado. 

TRÊS CANDIDATOS REGISTRAM CANDIDATURAS PARA DISPUTA EM RIBEIRÃO CASCALHEIRA.

O Cartório da 53ª Zona Eleitoral recebeu o pedido de três coligações que pretendem concorrer às eleições suplementares de prefeito e vice prefeito do município de Ribeirão Cascalheira. As eleições municipais suplementares estão marcadas para o dia 31 de outubro, na mesma data do segundo turno das eleições gerais, caso ocorra.
          
          O pleito suplementar em Ribeirão Cascalheira foi agendado pelo TRE após o julgamento de um Agravo Regimental movido pelo Ministério Público Eleitoral, que cobrou do TRE a realização de eleições após o TSE negar efeito suspensivo à decisão colegiada da Justiça Eleitoral de Mato Grosso.
          
          O prefeito eleito em 2008, Francisco de Assis dos Santos, e sua vice, Altamira Nunes Vieira, perderam os mandatos após o julgamento de uma ação que concluiu ter existido captação ilícita de recurso e abuso de poder econômico. À época, os candidatos foram eleitos com mais de 50% dos votos válidos.
          
          
          TSE ANUNCIA RESOLUÇÃO, QUE AINDA NÃO FOI PUBLICADA
          
          No dia 17 de setembro, ao julgar procedimento administrativo, o TSE chegou a noticiar a decisão de determinar aos tribunais regionais de todo o país que não realizem eleições suplementares no mesmo semestre das eleições gerais.
          Contudo, a resolução anunciada pelo TSE ainda não foi publicada, o que significa dizer que os tribunais regionais, nos diversos estados que decidiram por realizar eleições suplementares , ainda não foram oficialmente notificados da decisão do tribunal superior.
          
          Enquanto o TSE não publicar a resolução, a Justiça Eleitoral de Mato Grosso, assim como deve ocorrer em outros estados, vai dar continuidade ao calendário eleitoral das eleições suplementares já marcadas para este semestre, como a de Ribeirão Cascalheira, que foi aprovada pelo Pleno.
          
          TRÊS COLIGAÇÕES PEDEM REGISTRO NO CARTÓRIO ELEITORAL
          Os pedidos de registro de candidaturas foram protocolados pela coligação ‘Compromisso, ação e desenvolvimento, quatro anos em dois”, composta pelos partidos PR e DEM, que apresentaram os nomes de Adário Carneiro Filho e Jair Barros Lima para concorrer aos cargos de prefeito e vice-prefeito respectivamente. Adário Carneiro Filho é agropecuarista e disputou o pleito de 2008, quando ficou em segundo lugar.
          
          A coligação ‘Todos Juntos por Ribeirão Cascalheira”, formada pelos partidos PP e PMDB, apresentou o nome de Antônio de Morais Pinto Júnior, como candidato a prefeito, e Deusiano Ferreira dos Santos, para vice. Ambos são advogados do município.
          
          Já a Coligação Trabalho, Progresso e Cidadania, formada pelos partidos PSDC, PDT, PT e PPS, submeteu o nome de Patrícia Fernandes de Oliveira Vilela para candidata a prefeita, tendo como candidato a vice-prefeito João Marcos Alves, atual presidente da Câmara Municipal.

TUCANOS ACREDITAM NO SEGUNDO TURNO. DIZ O GLOBO.

BELO HORIZONTE E BRASÍLIA – Os números da última pesquisa do Datafolha , sinalizando a possibilidade de um segundo turno na disputa presidencial, levaram nesta terça-feira otimismo aos tucanos de todo o país. O ex-governador mineiro Aécio Neves falou, por telefone, com o candidato do PSDB à Presidência, José Serra, que não escondia sua satisfação com a mudança no cenário. Segundo Aécio, agora há uma perspectiva real de segundo turno. Ele ressaltou que, assim como no cenário nacional, a vantagem da candidata petista, Dilma Roussef, em relação a Serra e à candidata do PV, Marina Silva, também diminuiu em Minas Gerais.

” Acho que agora abre-se claramente uma perspectiva de segundo turno “

– Acho que agora abre-se claramente uma perspectiva de segundo turno. Inclusive em Minas, houve uma diminuição da diferença. Seria muito bom que o Brasil pudesse conhecer melhor os candidatos – afirmou Aécio, que foi convidado por Serra para acompanhá-lo no último debate entre os presidenciáveis nesta quinta-feira à noite na Rede Globo.

Na avaliação do ex-governador, não só os votos de eleitores indecisos como também os de Dilma estariam migrando para Serra e Marina.

Aécio prometeu intensificar a campanha em favor do presidenciável tucano nesta reta final. Embora tenha havido um convite para que Serra fizesse uma última visita a Minas antes da eleição, o comando da campanha presidencial tucana ainda não havia fechado nada.

Diante dos números do Datafolha, a ordem no comando da campanha é aumentar o ritmo das atividades para tentar acelerar o crescimento de Serra, já que Marina foi a mais beneficidada com o desgaste de Dilma. O maior cuidado é para não atacar a verde – até porque, neste momento, seu crescimento é que está ajudando a viabilizar um segundo turno.

Há um consenso, entre os tucanos, de que o debate da Rede Globo será decisivo para consolidar o quadro.

ENCONTRO DE CLUBES DO ROTARY NA BARRA DEBATE IMAGEM PÚBLICA E SUBSÍDIOS.

Homero Sergio e Altair Nunes Ferreira de Querência estiveram representando o Clube.

Maria Aparecida Pereira (Cidinha) do RC de São Paulo

O governador do Distrito 4440 do Rotary Club, Serafim Carvalho Melo, participou neste sábado de uma Reunião de Interclubes com a participação de companheiros de Barra do Garças, Água Boa, Canarana, Querência, Paranatinga e Primavera do Leste, com aproximadamente 100 rotarianos. O governador foi recebido na quinta-feira pelos presidentes do Rotary Barra do Garças, José Luis Lauro e pelo presidente do Rotary Barra/Águas Quentes, Artur Albuquerque.

Segundo o rotariano Eugênio Erico Korndörfer, o governador chegou na quinta para visita oficial aos clubes de Barra e conhecer os trabalhos desenvolvidos com um gabinete odontológico cedido ao Centro de Saúde Municipal.

O governador conheceu também um orfanato mantido por religiosos que está sendo adequado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) para poder receber recursos e atender cerca de 20 crianças. O Rotary Club de Barra já dispõe de um subsidio de R$ 130 mil para atender obras socais na região.

Dois representantes de Querência estiveram presentes. Na parte da manhã aconteceu a apresentação do Plano de Comunicação do Distrito com a palestra de Aristóteles Cupolillo. Na parte da manhã e da tarde a convidada foi a Cidinha do Rotary como é carinhosamente conhecida e que falou sobre os Subsídios Equivalentes e a elaboração de projetos para a Fundação Rotária.

O projeto de equipar a Oficina de Panificação da APAE foi tratado e será dado andamento em breve.

Com informações da Assessoria e Homero Sergio.

NO DATAFOLHA DILMA TEM 46% E SERRA 28%.

G1

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (22) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 46% das intenções de voto. O candidato do PSDB, José Serra, aparece com 28%, e Marina Silva, do PV, tem 14%, segundo o levantamento.

Considerando a margem de erro da pesquisa, de dois pontos percentuais para mais ou para menos, Dilma pode ter de 44% a 48%, Serra, de 26% a 30%, e Marina, de 12% a 16%.

De acordo com a pesquisa, brancos e nulos somaram 4%, e indecisos, 7%.

Se a eleição fosse hoje, o índice da candidata do PT pode não ser suficiente para elegê-la presidente no primeiro turno. Considerando os votos válidos – em que se exclui os votos em brancos e nulos -, Dilma perdeu três pontos percentuais: recuou de 54% para 51%. Levando em consideração margem de erro, ela teria entre 49% e 53%. Para vencer a eleição no primeiro turno a candidata petista precisa de 50% mais um voto.

Ainda considerando os votos válidos, Serra teria 32%, e Marina, 16%.

Segundo o Datafolha, Dilma oscilou negativamente em todos os estratos da população, nos cortes por sexo, região, renda, escolaridade e idade.

Dentre os outros candidatos – Eymael (PSDC), Ivan Pinheiro (PCB), Levy Fidelix (PRTB), Plínio (PSOL), Rui Costa Pimenta ( PCO) e Zé Maria (PSTU) – nenhum atingiu 1% das intenções de voto.

Foram realizadas 3.180 entrevistas em 202 municípios nesta segunda-feira (27). A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 32913/2010.

Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada na última quarta-feira (22), Dilma aparecia com 49%, Serra, com 28%, e Marina, com 13%.

Segundo turno
Na simulação de segundo turno feita pelo Datafolha, Dilma aparece com 52% (de 50% a 54%, considerando a margem de erro), e Serra, com 39% (37% a 41%).