Sem-categoria

MAGGI SE SURPREENDE COM ACUSAÇÕES E PEDE RAPIDEZ NAS INVESTIGAÇÕES.

Sissy Cambuim

Após retornar da viagem à Europa, o senador Blairo Maggi (PR), denunciado pela reportagem de Veja como um dos supostos envolvidos no caso dos aloprados, procurou a Procuradoria Geral da República (PGR) e a Polícia Federal (PF) nesta segunda (27) para pedir celeridade nas investigações.

     A revista trouxe declarações do bancário Expedito Velloso, que revelou que Maggi e o ex-deputado federal Carlos Abicalil (PT) teriam pago R$ 2 milhões para a inclusão dos nomes dos ex-senadores Antero Paes de Barros (PSDB) e Serys Marly (PT) na máfia dos sanguessugas. Na época, o republicano disputava à reeleição ao Governo e tinha os ex-parlamentares como adversários.

     Por meio da assessoria, o senador disse que já recorreu às medidas judiciais necessárias. “Ele preferiu tomar as medidas antes de se pronunciar”, informou. Conforme determina a legislação brasileira, o ônus da prova cabe à acusação. Assim, na representação protocolada junto à PGR, Maggi pediu que fossem provadas as denúncias contra ele.

     Segundo informações da assessoria, Maggi recebeu com surpresa e ficou assustado com a notícia, já que até então o nome do republicano jamais tinha sido relacionado ao escândalo de 2006, que ficou conhecido nacionalmente por ter como principal alvo a campanha de José Serra (PSDB) ao Governo de São Paulo. (RDNEWS).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s