DILMA: “GOLPE NÃO PODE SER ESQUECIDO”.

A presidenta Dilma Rousseff lembrou hoje (31) os 50 anos do golpe militar que deu início à ditadura no Brasil, em 1964, e disse que as atrocidades cometidas no período não podem ser esquecidas, em memória dos homens e mulheres que foram mortos ou desapareceram enquanto lutavam pela democracia.

“O dia de hoje exige que lembremos e contemos o que aconteceu. Devemos aos que morreram e desaparecerem, devemos aos torturados e aos perseguidos, devemos às suas famílias. Devemos a todos os brasileiros”, disse a presidenta em discurso no Palácio do Planalto, durante a assinatura de contrato para construção da segunda ponte sobre o Rio Guaíba.

“Toda dor humana pode ser suportada se sobre ela puder ser contada uma história. A dor que nós sofremos, as cicatrizes visíveis e invisíveis que ficaram nesses anos podem ser suportadas e superadas porque hoje temos uma democracia sólida e podemos contar nossa história”, disse a presidenta, ao citar a filósofa alemã Hannah Arendt.

Dilma disse que lembrar e contar o que aconteceu às novas gerações é parte do processo iniciado pelos brasileiros que lutaram pelas liberdades democráticas, pela Anistia, pela Constituinte, por eleições diretas e, mais recentemente, pela criação da Comissão Nacional da Verdade.

“Cinquenta anos atrás, na noite de hoje, o Brasil deixou de ser país de instituições ativas, independentes e democráticas. Por 21 anos, mais de duas décadas, nossas instituições, nossa liberdade, nossos sonhos, foram calados”, lembrou. “Hoje podemos olhar para esse período e aprender com ele, porque o ultrapassamos. O esforço de cada um de nós, de todas as lideranças do passado, daqueles que viveram e daqueles que morreram fizeram com que nós ultrapassássemos essa época”, acrescentou.(AGÊNCIA BRASIL).

ARENA PANTANAL RECEBE MIXTO X SANTOS PARA ESTRÉIA.

Governo-de-Mato-Grosso-Secopa-Google-Chrome_2(6)

A quatro dias do jogo entre Mixto e Santos pela Copa do Brasil, o governador Silval Barbosa foi conferir os preparativos para o primeiro jogo na Arena Pantanal. Na tarde dessa sexta-feira (28.03), Silval vistoriou todas as áreas do estádio, que passa por limpeza e organização para receber a partida inaugural.

No dia 02 de abril, cerca de 20 mil torcedores devem ocupar as arquibancadas inferiores da Arena. Conforme explica o governador, a FIFA não autoriza o teste de casa cheia. O segundo jogo, entre Luverdense e Vasco da Gama, pela Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro, será realizado no dia 26 de abril.

PALMEIRAS PERDE E PAULISTÃO TEM FESTA DO INTERIOR.

300x449_2014-03-30_50dc1c4f87

Tudo o que poderia prejudicar o Palmeiras na noite deste domingo prejudicou. O Ituano, que nada tem a ver com o drama alviverde, conseguiu uma vitória histórica, por 1 a 0, no Pacaembu, e assegurou uma vaga na final do Campeonato Paulista. Vai enfrentar o Santos nos próximos dois domingos – a Federação Paulista de Futebol define os locais nesta segunda-feira. Ironia ou não, o gol responsável por eliminar o Verdão na primeira chance de título de seu centenário foi de um ex-corintiano: Marcelinho, atacante, campeão da Copa São Paulo em 2009 pelo maior rival palmeirense. (G1).

VASCO E FLAMENGO NA FINAL DO CARIOCÃO.

13519939814_174ecb2da1_b

Rio – Após dez anos, o Vasco está de volta a decisão do Campeonato Carioca e o adversário será o mesmo de 2004, o Flamengo. No Maracanã, o Cruzmaltino conseguiu a vaga ao vencer o Fluminense por 1 a 0, gol de Edmilson.

Diante do Rubro-Negro, o Vasco vai tentar sua 23ª conquista de Estadual e vencer um título que não vem desde 2003. Além disso, a equipe de São Januário vai tentar quebra um tabu de 26 anos sem vencer o maior rival em uma final de Carioca. As duas equipes se enfrentam em dois jogos nos próximos domingos, dia 6 e 13 de abril.