SEGURANÇA: 300 NOVOS ESCRIVÃES E INVESTIGADORES EM MAIO INICIAM ATIVIDADES.

LUCIENE OLIVEIRA
Assessoria/PJC-MT

 

DSC_0696

A partir do dia 5 de maio 150 novos escrivães de polícia entram em atividade nas Delegacias da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso. Os policiais receberam, nesta quarta-feira (29.04), distintivo, armas e as portarias para se apresentarem nas unidades policiais do interior do Estado. No dia 8 de maio, 150 investigadores também pegarão portarias para início do exercício profissional.

Os policiais terminaram a fase complementar do 12º Curso de Formação Técnico Profissional, na Academia da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, possibilitando que uma segunda turma de 300 alunos iniciam o curso de formação para investigadores de polícia e assim começarem a trabalhar nas delegacias de polícia em julho deste ano.

O diretor da Academia da Polícia Civil, Clocy Hugueney Lopes de Oliveira, destacou o valor do trabalho do escrivão de polícia para à sociedade. “O escrivão de polícia desenvolve um trabalho de extrema importância, na medida que é o responsável por auxiliar as autoridades policiais, na formalização dos procedimentos, de todo e qualquer documento originário das unidades policiais que compõem o processo que vai ao Judiciário, para apuração das infrações penais”, explicou o diretor que pediu aos policiais dedicação e amor à Polícia Civil em prol da sociedade.

A escrivã Michele Pedroso recebeu sua portaria para regional de Tangará da Serra e tem até o dia 5 de maio para se apresentar na unidade, de onde será designada para trabalhar em uma das delegacias da região. “Sou natural do Paraná e estou há 6 anos em Mato Grosso e com muito orgulho agora na Polícia Civil. Pretendo me empenhar para defender a sociedade e ajudar no combate à criminalidade”, disse.

Os novos escrivães e investigadores são do concurso de 2013, para preenchimento de 600 vagas, sendo 450 investigadores e 150 escrivães. Os candidatos se inscreveram dentro de vagas ofertadas por polos regionais, disponibilizada de acordo com estudo que aponta as regiões com maior carência de efetivo, principalmente no Norte e Nordeste de Mato Grosso, e em atendimento a reivindicações da população em relação ao efetivo da Segurança Pública em Mato Grosso.

O escrivão Leandro Petry fez o concurso para o polo de Água Boa e está na expectativa de começar logo o trabalho na região. “Nossa expectativa, não só minha, como de todos colegas aqui, é contribuir com a sociedade e a Justiça do nosso Estado. Esperamos aplicar todos os conceitos que aprendemos na Academia e devolver um pouco disso ao Estado, ao cidadão com nosso trabalho e nossa dedicação”, afirmou.

O diretor do interior, Wilson Leite, informou que para o interior irão 148 escrivães que vão dar um “gás” no trabalho cartorário das delegacias de polícia. ” O Governo de Mato Grosso contemplou para à sociedade esses escrivães e numa segunda etapa os investigadores que somam 587 novos policiais no interior, com o objetivo de dinamizar o trabalho investigativo e operações policiais para trazer mais tranquilidade à população”, destacou.

O delegado geral adjunto, em exercício, Rogério Atílio Modelli, também destacou a importância dos novos policiais, em um momento tão positivo para a Polícia Civil e para Segurança de Mato Grosso. “A missão dos senhores é muito importante, pois a sociedade precisa demais de vocês e nós da Polícia Civil também”, declarou.

Também acompanhou a entrega das portarias a diretora de Execuções Estratégicas, Maria Alice Barros Martins Amorim

VEREADORES EM AUDIÊNCIA PÚBLICA NO ARAGUAIA.

Da Assessoria.

Vereadores do município de Querência estiveram presente juntamente com o deputado estadual Baiano Filho nesta terça-feira, 28.04, em Ribeirão Cascalheira, para participação na audiência pública que debateu a execução do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) nos municípios do Araguaia. 
 
O evento foi realizado com o objetivo de prestar orientações aos agricultores familiares e pequenos produtores sobre as possibilidades de construção e reforma de moradias na área rural.
 
O PNHR integra o Programa ‘Minha Casa Minha Vida’ e utiliza recursos do FGTS assegurando ao homem do campo o direito à moradia digna. Diferente do programa urbano, a moradia não é financiada, mas sim doada pelo Governo Federal com uma contrapartida de R$1.140,00 divididos em 4 parcelas de R$285,00 por ano. O governo libera R$ 28.500,00 por casa, sendo R$ 21.400,00 para material e R$ 7.100,00 para custeio da mão de obra.
 
Estiveram Presente no evento os vereadores Elias Schmitte(PMDB), Ildo Costa(PSC). Auri Kolling, Neuri Wink(PP) e também o Prefeito Municipal de Querência Gilmar Wentz.

ALUNA DE ÁGUA BOA – MT VENCE PRÊMIO INTERNACIONAL.

A organização do Concurso Internacional de Cartas para Jovens, promovido anualmente pela União Postal Universal (UPU) e coordenado pelos Correios no Brasil, divulgou na última quarta-feira (22.04) o resultado da 44ª edição do evento. A aluna do 9° Ano, da Escola Estadual 9 de Julho, em Água Boa, Gabriela Cristina da Silva (14 anos), depois de ganhar a etapa Escolar, realizada em março, é a grande campeã estadual.

O segundo lugar foi conquistado por Aline de Souza Brito Alves (13 anos), do 9º ano, da E.E. João M. Sobrinho, do município de Nova Olímpia, e o terceiro lugar ficou para Adriel Elias Padovani (14 anos), do 9º ano, da E.E. Padre Ezequiel Ramim, em Juína. Na etapa Nacional a Escola Estadual 9 de Julho também se destacou, recebendo Menção Honrosa, superando os estados do Pará, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná, Minas Gerais, Paraíba, Piauí e Amapá.

Os autores das três redações vencedoras vão receber os seguintes prêmios: 1º lugar – um tablet e certificado; 2º lugar – um smartphone e certificado; e 3º lugar – uma câmera fotográfica digital e certificado. Já as escolas, um computador (1ª colocada) e uma impressora multifuncional para as demais colocações.

O concurso, que teve como tema neste ano: “Escreva uma carta para descrever o mundo onde gostaria de crescer”, tem como objetivo desenvolver a habilidade de composição dos jovens em dar expansão à delicadeza de seu pensamento, despertar neles o gosto pela escrita de cartas e contribuir para o estreitamento dos laços de amizade internacionais, uma das missões essenciais da UPU.

Segundo o diretor da E.E 9 de Julho, Waldiney Santana, uma equipe dos Correios irá comparecer à unidade escolar para realizar a entrega dos prêmios. “Parabenizamos os alunos pela conquista, e destacamos o emprenho dos professores que os orientaram e incentivaram a participar desta importante iniciativa que busca estimular o estudo e a produção de talentos literários nacionais.”

Rondon

A premiação representa um incentivo a mais para que a escola participe do 1º Concurso de Redação Marechal Rondon – 150 anos, promovido pelo Governo do Estado, com coordenação técnica e pedagógica da Coordenadoria de Projetos Educativos da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT). Tendo como tema “Rondon: De Sertanista Sonhador a Desbravador de Fronteiras”, visa avaliar a capacidade de criação e expressão, por desenho e pela escrita e o conhecimento dos alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos sobre a vida e a obra de Marechal Cândido Rondon, Patrono da Arma de Comunicações do Exército Brasileiro.

De acordo com Santana, já foram realizadas reuniões de formação com os Professores e firmado parceria entre as áreas do conhecimento para a construção das Redações. “Em eventos como este, além do prêmio que motiva o aluno, o mais importante é o processo de discussão e construção do conhecimento que esse tipo de atividade possibilita”, destaca, lembrando que a escola 9 de julho, ao longo dos anos, vem se destacando por conquistas regionais e estaduais, e obtendo inclusive destaque nacionalmente.(GCOM-MT).

MILAGRE: PNEUS DE MICRO-ÔNIBUS ATINGE MOTORISTA. ELE SOBREVIVEU.

carro-pneu

Um acidente entre um carro de passeio e um micro-ônibus causou um susto na manhã deste sábado (25), próximo à Insinuante de Lauro de Freitas, na Estrada do Coco. O pneu do micro-ônibus da empresa Coppelotação, que seguia no sentido salvador, soltou e atingiu o para-brisas de outro veículo.

De acordo com o motorista do carro de passeio, Nilton de Barros, de 37 anos, o acidente aconteceu por volta das 8h. Ele conta que seguia no sentido Camaçari e não conseguiu desviar do objeto. Nilton sofreu apenas ferimentos leves e foi socorrido por uma unidade do Samu.

Após o atendimento, os dois motoristas foram encaminhados para a 23ª Delegacia Territorial, em Lauro de Freitas, onde a ocorrência foi registrada. As causas do acidente vão ser investigadas.(CORREIO).

CINZAS DO VULCÃO CHILENO ASSUSTAM SUL DO BRASIL.

vulcao

Projeções do Centro de Avisos de Cinzas Vulcânicas (Vaac) da Argentina informam que as cinzas expelidas pelo vulcão Calbuco, que entrou em erupção no Chile na última quarta-feira depois de 54 anos, devem chegar ao sul do Rio Grande do Sul na manhã de sábado. Províncias da Argentina já foram afetadas e a capital do país vizinho, além do Uruguai, também devem ser atingidas nas próximas horas.

Na manhã de hoje, os aeroportos de Bariloche e Neuquen tinham visibilidade restrita. Voos entre o Chile e a Argentina começaram a ser cancelados. Se as cinzas chegarem ao Rio Grande do Sul, as aeronaves não poderão decolar ou aterrissar no Salgado Filho até que elas sejam dissipadas. Além de problemas visuais, as cinzas também prejudicam os motores das aeronaves. O trânsito nas ruas, porém, não terá restrições. Até o momento, não há atrasos ou cancelamentos na Capital. (DC).

PF PRENDE SUSPEITOS DE FRAUDE EM OBRAS DO PAC EM MATO GROSSO.

Agentes da Polícia Federal (PF) prenderam hoje (24) três pessoas investigadas por suspeita de fraude em obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Mato Grosso. Mais seis suspeitos detidos foram conduzidos para prestar depoimento e serão liberados após serem ouvidos. Até as 9h30, também haviam sido cumpridos oito mandados de busca e apreensão.

Os mandados de prisão, condução coercitiva e busca e apreensão foram cumpridos em Cuiabá e Sapezal, a cerca de 460 quilômetros da capital do estado. Deflagrada em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU), a Operação Caronte é resultado de investigações iniciadas em 2015, a partir de informações fornecidas pela CGU, que identificou possíveis irregularidades em um processo licitatório.

Segundo a PF, uma empresa desativada há mais de dez anos não só apresentou proposta para participar de licitações, como também venceu as outras concorrentes. Ainda de acordo com a PF, os responsáveis pela empresa apresentavam documentos falsos.

O valor total das licitações é aproximadamente R$ 6,8 milhões, sendo que nenhum pagamento chegou a ser feito. De acordo com a CGU, os órgãos de investigação e controle atuaram preventivamente. Por meio de sua assessoria, a CGU informou que, a princípio, não vai conceder entrevista sobre o assunto.(EBC)