ECONOMIA

INCERTEZAS LEVAM MICROS E PEQUENOS COLOCAR FREIO EM BUSCA DE CRÉDITOS.

 Com crise econômica, micro e pequeno empresário revela baixo
interesse por tomar crédito, mostra indicador do SPC Brasil.

Apenas 8,4% dos MPEs pretendem contratar crédito nos próximos 90 dias.
Intenção de investimentos apresenta piora na comparação mensal

A baixa disposição dos micro e pequenos empresários (MPEs) em contratar crédito para seus empreendimentos segue refletindo as incertezas com a recuperação econômica do Brasil no próximo ano e a forte deterioração do ambiente de negócios. Dados do indicador mensal calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostram que a intenção desses empresários de procurar crédito pelos próximos três meses registrou apenas 13,47 pontos no mês de novembro. Embora o índice seja levemente superior ao observado em outubro (13,15 pontos), o resultado é considerado baixo, visto que a escala do indicador varia de zero a 100. Quanto mais próximo de 100, maior é a probabilidade de os empresários procurarem crédito e, quanto mais próximo de zero, menos propensos eles estão para tomar recursos emprestados para os seus negócios.

Em termos percentuais, apenas 8,4% dos micro e pequenos empresários consultados pretendem tomar crédito nos próximos 90 dias. Considerando um intervalo de 30 dias, a proporção é ainda menor e chega a 6,5% dos MPEs ouvidos no levantamento.

Na avaliação do presidente da CNDL, Honório Pinheiro, o cenário não inspira a confiança necessária para que os empresários assumam compromissos de longo prazo, principalmente em um momento em que os brasileiros estão diminuindo o consumo de bens e serviços. “O quadro de crise econômica contribui para o baixo apetite pelo crédito, ao aumentar as incertezas em relação ao futuro da economia e dos negócios e elevar o custo do capital medido pelas taxas de juros”, diz Honório.

Para MPEs, tomar crédito está difícil

Dentre os empresários que não têm a intenção de contratar crédito nos próximos três meses (84,7%), conseguir manter o negócio com recursos próprios (43,6%) e a insegurança em se endividar devido as condições econômicas do país (32,1%) são os motivos mais mencionados. Há também os que apontam indisposição para pagar as altas taxas de juros praticadas pelo mercado (17,8%).

Segundo a pesquisa, 35,5% dos empresários consultados consideram que nos dias de hoje está “difícil” ou “muito difícil” conseguir crédito no Brasil. Dentre o universo de empresários que enxergam um horizonte com dificuldades, 43,7% reclamam da burocracia como a razão principal do impedimento e outros 33,1% apontam as altas taxas de juros praticadas no mercado.

As modalidades de crédito mais difíceis de serem contratadas, de acordo com o levantamento, são os empréstimos em instituições financeiras (29,9%) e os financiamentos (21,9%). Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, o cenário de desconfiança com os rumos da economia, que torna os as instituições bancárias mais cautelosas na hora da concessão de crédito, bem como o ciclo recente de alta de juros, devem aumentar essa percepção de dificuldade.

As modalidades de crédito mais conhecidas por esses empresários são justamente as mais caras do mercado, cujas taxas de juros anuais podem chegar a quase 290%: o Cartão de Crédito Empresarial (70,8%) e o Cheque Especial Empresarial (70,3%). Só em seguida aparece o microcrédito, citado por 66,3% dos entrevistados.

Cai a intenção de investimentos nos próximos três meses

O indicador de investimentos calculado pelo SPC Brasil e pela CNDL também registrou um baixo patamar, o que demonstra que o cenário econômico adverso está afetando os planos de expansão dos micro e pequenos empresários e também dos prestadores de serviços. Na comparação entre outubro e novembro, houve uma piora de 29,89 pontos para 27,18 pontos, sendo que quanto mais próximo de 100, maior é a propensão ao investimento. Ao todo, apenas 23,25% dos micro e pequenos empresários consultados pretendem realizar algum tipo de investimento nos próximos três meses.

De acordo com o indicador, os investimentos mais citados por esses empresários são a ampliação do estoque (34,9%), reforma da empresa (33,3%), compra de equipamentos (24,7%) e investimento em propaganda e comunicação (24,2%). A grande maioria desses empresários (68,8%) irá usar capital próprio para realizar os investimentos e 25,3% irão recorrer a empréstimos em bancos ou financeiras.

Metodologia

Os Indicadores de Demanda por Crédito e de Propensão para investimentos do Micro e Pequeno Empresário (IDCI-MPE) calculados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) levam em consideração 800 empreendimentos com até 49 funcionários, nas 27 unidades da federação, incluindo capitais e interior. As micro e pequenas empresas representam 39% e 35% do universo de empresas brasileiras nos segmentos de comércio e serviços, respectivamente.

SAÚDE.

OBRAS NO HOSPITAL CENTRAL SERÃO RETOMADAS APÓS MAIS DE 20 ANOS.

HOSPITALCENTRAL

A retomada das obras do Hospital Central, depois de pouco mais de vinte anos de abandono, já tem datada marcada. Na próxima quinta-feira (17.12), às 08h, a obra será lançada com a presença do governador Pedro Taques e da primeira-dama Samira Martins. A retomada das obras foi um compromisso assumido pelo governador Pedro Taques no começo da sua gestão.

O projeto é uma iniciativa do Núcleo de Ações Voluntárias (NAV-MT) que, coordenado por Samira Martins, fechou parcerias com a sociedade civil, para garantir a construção da primeira parte da obra, orçada em R$ 6,5 milhões. Com conclusão prevista para setembro de 2016, o local vai abrigar o Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Corrêa (Cridac), que atende mensalmente mais de cinco mil pessoas, com serviços de reabilitação física, auditiva, intelectual e ortopédica.

O orçamento prevê ainda a mobília e a disponibilização de todos os equipamentos necessários para o funcionamento da unidade de saúde, que tem uma demanda de pacientes três vezes maior que o atendimento atual.

A mobilização em torno da obra abandonada, só foi possível graças a um acordo judicial com o Ministério Público Federal (MPF), que, como resultado da ação civil pública ingressada por Pedro Taques em 2003, quando ele era procurador da república, determinou em 2014 que o Estado retomasse as obras.

“Quando Pedro foi eleito governador no final do ano passado, ele teve conhecimento de que teria que executar a obra ainda este ano, resultado de sua própria ação enquanto procurador da República. Com isso, conseguiu o apoio do deputado estadual Dilmar Dal Bosco, que destinou uma emenda com essa finalidade”, relembra Samira Martins.

No entanto, a gestão anterior vetou a emenda. Com isso, a primeira-dama enxergou nas parcerias uma forma de assegurar os planos do Governo. E assim surgiu uma nova etapa desta história: a Associação Amigos do Hospital Central.

“Com o auxílio do secretário de Fazenda, Paulo Brustolin, entramos em contato com empresários, sindicatos e organizações para firmar essa parceria. E com certeza a retomada da obra só está sendo possível por meio destes parceiros e, principalmente, da compreensão da Justiça Federal, que entendeu e aceitou que o Estado só conseguiria entregar a obra contando com o auxílio dos ‘Amigos do Hospital Central’”, destacou Samira.

A constituição da associação, que foi registrada em cartório, também consta no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado em setembro deste ano. Quando finalizada a primeira parte da obra, os Amigos do Hospital Central farão a doação ao governo, que dará continuidade ao projeto.

“Como forma de reinserção social e até mesmo de preparação para o mercado de trabalho, parte da mão de obra utilizada no local será feita por recuperandos da Fundação Nova Chance”, disse a primeira-dama do Estado.

O procurador do Ministério Público Federal em Mato Grosso, Marco Antônio Ghannage Barbosa, além de autoridades do Ministério Público Estadual (MPE), Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e secretários de Estado também estarão presentes no lançamento.

Visita

Em setembro desde ano, o então ministro da Saúde, Arthur Chioro, visitou o Hospital Central, a convite do governador Pedro Taques, e sinalizou a importância da continuidade dos trabalhos.

Cidade da Saúde

Após a entrega do Cridac, o projeto é que o Hospital Central abrigue a “Cidade da Saúde”, composta pelo Centro Estadual de Referência de Média e Alta Complexidades de Mato Grosso (Cermac), o MT Laboratório, a Central de Regulação do Sistema Único de Saúde, e, por fim, o Hospital Materno Infantil, que deve ficar pronto até 2020.

Todos os demais projetos, que virão após a conclusão da nova sede do Cridac, serão viabilizados com recursos já previstos no Plano Plurianual 2016-2019.

“É um projeto realmente grandioso e que, com toda a certeza, beneficiará o povo mato-grossense. Não nos limitamos apenas à reforma e adequação da estrutura do Hospital Central, que ainda apresenta uma boa condição. Pensamos em transformar este lugar marcado pelo abandono, em um verdadeiro centro de referência em saúde pública”, completou Samira Martins.

LEILÃO

LEILÃO DE VEÍCULOS EM QUERÊNCIA.

O Prefeito Municipal Senhor Gilmar Reinoldo Wentz, juntamente com a Presidente da Comissão Permanente de Licitação da Prefeitura Municipal de Querência, tornam Público o Processo de Licitação nº 131/2015, na MODALIDADE: Leilão que tem como objetivo alienação de veículos considerados inservíveis para o serviço público, do tipo maior lance ou oferta, que acontecerá no dia 22 de dezembro de 2015 às 13:30 horas no Parque de Máquinas do município de Querência, localizado na Rua 20 de Novembro ao lado do Cemitério número 109-A, setor Rural lote b.

Veículos a serem leiloados:

I – Bem: 01 (uma) Caminhonete, cabine dupla, Ano Mod. 2002, Marca/Modelo MMC/L200 4X4 GLS, Chassi 93XHNK3402C220509, cor prata, ano 2002;

II – Bem: 01 (um) Caminhão Furgão, Ano Mod. 2002, Marca/Modelo IVECOFIAT/DAILY3510 VAN1, Chassi 93ZC3570128307779, cor branca, ano 2002;

III – Bem: 01 (uma) Toyota Hilux SW4, 4X4, diesel, Ano/ Mod. 2010, Marca/Modelo I/TOYOTA HILUXSW4 SRV4X4, Chassi 8AJYZ59G8A3042243, Cor preta, ano 2010;

IV – Bem: 01 (um) Caminhão, carroceria, diesel, Ano/Mod. 1976, Marca/Modelo FIAT/FNM 180, Chassi 1215008871, Cor azul, ano 1976;

V – Bem: 01 (uma) Caminhonete, Carroceira, diesel, Ano/Mod. 2004, Marca/Modelo I/TOYOTA HILUX 4CRL DX, Chassi 8AJ31LNL549301598, cor branca, Ano 2003;

VI – Bem: 01 (uma) Caminhonete/Carroceria fechada, Furgão, Gasolina, Ano 2001, modelo 2001, Marca/Modelo VW/ Kombi, Chassi 9bwg07x01p01909, cor branca;

VII – Bem: 01 (um) Automóvel, Ambulância, Gasolina, Ano/Mod. 1994, Marca/Modelo VW Parati GL 1.8, chassi 9BWZZZ30ZRP206439, cor vermelha.

VIII – Bem: 01 (um) PAS/AUTOMÓVEL, Alcool/Gasolina, Ano 2008, modelo 2008, Marca/Modelo Fiat/Uno Mille Fire Flex, Chassi 9BD15802786146903, cor branca;

IX – Bem: 01 (uma) Car/Camionete/Carroc ABT, Diesel, Ano 1993, modelo 1993, Marca/Modelo Toyota/Bandeirante, Chassi 9BR0J0080P1022105;

 

Outras informações sobre edital contendo as instruções estará a disposição dos interessados na sede da Prefeitura Municipal de Querência MT, no horário das 07h30min às 11h30min e 13h30min às 17h30min ou e-mail licitacao.querencia@gmail.com.

ELEIÇÕES 2016

VAI TER URNA ELETRÔNICA EM 2016

Votação eletrônica em 2016 está garantida com nova meta fiscal

Urna Eletrônica

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão cópia do relatório enviado à Comissão Mista do Congresso Nacional, no qual constam reestimativas de receitas e despesas que garantem a realização das Eleições Municipais de 2016 por meio eletrônico. O documento também é assinado pelo Ministério da Fazenda.

De acordo com o Ofício Interministerial, findo o quinto bimestre deste ano, e dada a meta de superávit primário constante da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO-2015) vigente à época, indicou-se a necessidade de redução financeira em R$ 107,1 bilhões aos Poderes da República, incluindo a Defensoria Pública (DPU) e o Ministério Público da União (MPU). Ao fim do terceiro bimestre já havia a necessidade de redução de outros R$ 79,5 bilhões.

No entanto, com a aprovação do PLN nº 5/2015 no Congresso Nacional e sua conversão em lei, a LDO-2015 foi alterada e houve redução na meta de resultado primário para o conjunto dos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social – OFSS, de R$ 55,3 bilhões positivos para R$51,8 bilhões negativos e, dessa forma, a meta de resultado primário OFSS foi reduzida em R$ 107,1 bilhões.

Contingenciamento

No último dia 30, o Diário Oficial da União publicou a Portaria Conjunta nº 3/2015, assinada pelos presidentes dos tribunais superiores, informando que o contingenciamento de recursos determinado pela União para cada área do Poder Judiciário, incluindo a Justiça Eleitoral, inviabilizaria as eleições do próximo ano por meio eletrônico.

A Justiça Eleitoral sofreria um corte de mais de R$ 428 milhões, o que prejudicaria a aquisição e manutenção de equipamentos necessários para a execução do pleito de 2016. O bloqueio no orçamento deste ano comprometeria severamente vários projetos do TSE e dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). O impacto maior refletiria no processo de aquisição de urnas eletrônicas, com licitação já em curso e imprescindível contratação até o fim do mês de dezembro, com o comprometimento de uma despesa estimada em R$ 200 milhões.

Com a revisão dos limites de empenho e movimentação financeira do Orçamento de 2015, ficou mantido somente o contingenciamento referente aos quatro primeiros bimestres do ano, que equivale a R$ 161 milhões. Os outros R$ 267 milhões, correspondentes ao quinto bimestre, foram revertidos à Justiça Eleitoral.

GA/JP

LICITAÇÃO

MT FAZ A MAIOR LICITAÇÃO DE PUBLICIDADE DA HISTÓRIA DO ESTADO.

O Governo de Mato Grosso, por meio do Gabinete de Comunicação (Gcom), recebeu as propostas de 22 agências de publicidade que participam do processo de concorrência pública 001/2015, que visa prestação serviços técnicos de publicidade pelos próximos cinco anos. O evento foi realizado nesta terça-feira (08.11), no auditório Ponce de Arruda, no Palácio Paiaguás.

Apesar de inicialmente 23 agências terem se candidatado, uma empresa não compareceu. Conforme o edital, publicado no dia 23 de outubro de 2015, cinco agências serão contratadas para realizar serviços técnicos de publicidade, como a elaboração de projetos e campanhas institucionais e de utilidade pública.

A licitação é na modalidade melhor técnica e preço, com base na lei nº 12.232/2010, que estabelece normas sobre licitações e contratações pela administração pública de serviços de publicidade. O valor do contrato é de R$ 70 milhões com vigência de 12 meses, podendo ser prorrogado anualmente por até cinco anos.

O processo é dividido em cinco etapas, a primeira consiste na entrega de envelopes apócrifos, que são as propostas e ideias não identificadas. O segundo passo é a apresentação das licitantes, onde elas apresentam a sua história, seus trabalhos, qualificação e estrutura.

A terceira etapa se dá com a identificação das propostas, quando os trabalhos já estiverem sido julgados, seguida da abertura dos envelopes contendo as propostas orçamentárias. Depois destes passos é realizada a habilitação documental, para identificar se as empresas podem participar da concorrência pública.

Após as empresas se credenciarem e entregarem as caixas apócrifas contendo o material a ser analisado, foram sorteados três representantes das agências para se juntarem aos membros do Gcom a fim de rubricar as peças publicitárias, comprovando que nenhum material foi recebido após o prazo.

Conforme a secretária Adjunta de Administração Sistêmica do Gcom, Patrícia Costa Vieira de Camargo Saldanha, no intuito de tornar o processo ainda mais transparente, o material recebido será repassado à comissão técnica que analisará os produtos sem ter conhecimento sobre a quais empresas pertencem as peças. A comissão terá o prazo de 10 dias para efetuar a análise e escolher os melhores trabalhos.

A documentação das empresas e as propostas orçamentárias serão avaliadas por outra comissão e, após as análises, o Gabinete irá definir uma média ponderada para realizar a licitação. “Tudo foi feito de maneira transparente para que o maior número de licitantes pudesse participar”, afirmou a gestora, ressaltando que todos os prazos para recursos serão respeitados, mas que a expectativa é que a licitação seja assinada até fevereiro de 2016.

O presidente da Associação Brasileira das Agências de Publicidade (Abap), Álvaro de Carvalho, classificou como a maior licitação da história da publicidade de Mato Grosso e ressaltou a transparência do processo.

A concorrência foi amplamente discutida em março deste ano durante audiência pública. Na ocasião foi debatido o novo modelo de licitação para contratação das agências de publicidade. O trâmite está previsto no Acordo de Resultados assinado pelo secretário de Estado de Comunicação, Jean Campos, no que se refere à implementação de uma política interna de procedimentos e gestão.

Com a contratação das agências, todos os serviços de publicidade e propaganda do Governo estarão concentrados apenas no Gabinete de Comunicação, conforme previsto na nova estrutura da pasta após a reforma administrativa.

A comunicação acerca da publicação do edital foi feita a diversos órgãos e entidades, a fim de garantir a transparência do processo. Foram entregues ofícios a representantes da Controladoria Geral do Estado, Procuradoria Geral do Estado, Gabinete de Transparência e de Combate à Corrupção, Ministério Público do Estado, Tribunal de Contas do Estado, Sinapro-MT, Associação Brasileira de Agências de Publicidade (Abap) e da Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública.

CRISE POLÍTICA

UMA CARTA SACODE A POLÍTICA NO BRASIL.

TEMER: QUATRO ANOS COMO VICE DECORATIVO

Presidente nacional do PMDB, o vice-presidente da República, Michel Temer, enviou uma carta à presidente Dilma Rousseff nesta segunda-feira (7) na qual apontou episódios que demonstrariam a “desconfiança” que o governo tem em relação a ele e ao PMDB.

A mensagem, segundo a assessoria da Vice-Presidência, foi enviada em “caráter pessoal” à chefe do Executivo. Ainda de acordo com assessores, “em face da confidencialidade” da correspondência, Temer “surpreendeu-se com sua divulgação”.

Leia abaixo a íntegra da carta obtida pela Andreia Sadi da GloboNews:

São Paulo, 07 de Dezembro de 2.015.

Senhora Presidente,

“Verba volant, scripta manent”.

“as palavras ditas voam, as escritas permanecem”

Por isso lhe escrevo. Muito a propósito do intenso noticiário destes últimos dias e de tudo que me chega aos ouvidos das conversas no Palácio.

Esta é uma carta pessoal. É um desabafo que já deveria ter feito há muito tempo.

Desde logo lhe digo que não é preciso alardear publicamente a necessidade da minha lealdade. Tenho-a revelado ao longo destes cinco anos.

Lealdade institucional pautada pelo art. 79 da Constituição Federal. Sei quais são as funções do Vice. À minha natural discrição conectei aquela derivada daquele dispositivo constitucional.

Entretanto, sempre tive ciência da absoluta desconfiança da senhora e do seu entorno em relação a mim e ao PMDB. Desconfiança incompatível com o que fizemos para manter o apoio pessoal e partidário ao seu governo.

Basta ressaltar que na última convenção apenas 59,9% votaram pela aliança. E só o fizeram, ouso registrar, por que era eu o candidato à reeleição à Vice.

Tenho mantido a unidade do PMDB apoiando seu governo usando o prestígio político que tenho advindo da credibilidade e do respeito que granjeei no partido. Isso tudo não gerou confiança em mim, Gera desconfiança e menosprezo do governo.

Vamos aos fatos. Exemplifico alguns deles.

1. Passei os quatro primeiros anos de governo como vice decorativo. A Senhora sabe disso. Perdi todo protagonismo político que tivera no passado e que poderia ter sido usado pelo governo. Só era chamado para resolver as votações do PMDB e as crises políticas.

2. Jamais eu ou o PMDB fomos chamados para discutir formulações econômicas ou políticas do país; éramos meros acessórios, secundários, subsidiários.

3. A senhora, no segundo mandato, à última hora, não renovou o Ministério da Aviação Civil onde o Moreira Franco fez belíssimo trabalho elogiado durante a Copa do Mundo. Sabia que ele era uma indicação minha. Quis, portanto, desvalorizar-me. Cheguei a registrar este fato no dia seguinte, ao telefone.

4. No episódio Eliseu Padilha, mais recente, ele deixou o Ministério em razão de muitas “desfeitas”, culminando com o que o governo fez a ele, Ministro, retirando sem nenhum aviso prévio, nome com perfil técnico que ele, Ministro da área, indicara para a ANAC. Alardeou-se a) que fora retaliação a mim; b) que ele saiu porque faz parte de uma suposta “conspiração”.

5. Quando a senhora fez um apelo para que eu assumisse a coordenação política, no momento em que o governo estava muito desprestigiado, atendi e fizemos, eu e o Padilha, aprovar o ajuste fiscal. Tema difícil porque dizia respeito aos trabalhadores e aos empresários. Não titubeamos. Estava em jogo o país. Quando se aprovou o ajuste, nada mais do que fazíamos tinha sequência no governo. Os acordos assumidos no Parlamento não foram cumpridos. Realizamos mais de 60 reuniões de lideres e bancadas ao longo do tempo solicitando apoio com a nossa credibilidade. Fomos obrigados a deixar aquela coordenação.

6. De qualquer forma, sou Presidente do PMDB e a senhora resolveu ignorar-me chamando o líder Picciani e seu pai para fazer um acordo sem nenhuma comunicação ao seu Vice e Presidente do Partido. Os dois ministros, sabe a senhora, foram nomeados por ele. E a senhora não teve a menor preocupação em eliminar do governo o Deputado Edinho Araújo, deputado de São Paulo e a mim ligado.

7. Democrata que sou, converso, sim, senhora Presidente, com a oposição. Sempre o fiz, pelos 24 anos que passei no Parlamento. Aliás, a primeira medida provisória do ajuste foi aprovada graças aos 8 (oito) votos do DEM, 6 (seis) do PSB e 3 do PV, recordando que foi aprovado por apenas 22 votos. Sou criticado por isso, numa visão equivocada do nosso sistema. E não foi sem razão que em duas oportunidades ressaltei que deveríamos reunificar o país. O Palácio resolveu difundir e criticar.

8. Recordo, ainda, que a senhora, na posse, manteve reunião de duas horas com o Vice Presidente Joe Biden – com quem construí boa amizade – sem convidar-me o que gerou em seus assessores a pergunta: o que é que houve que numa reunião com o Vice Presidente dos Estados Unidos, o do Brasil não se faz presente? Antes, no episódio da “espionagem” americana, quando as conversar começaram a ser retomadas, a senhora mandava o Ministro da Justiça, para conversar com o Vice Presidente dos Estados Unidos. Tudo isso tem significado absoluta falta de confiança;

9. Mais recentemente, conversa nossa (das duas maiores autoridades do país) foi divulgada e de maneira inverídica sem nenhuma conexão com o teor da conversa.

10. Até o programa “Uma Ponte para o Futuro”, aplaudido pela sociedade, cujas propostas poderiam ser utilizadas para recuperar a economia e resgatar a confiança foi tido como manobra desleal.

11. PMDB tem ciência de que o governo busca promover a sua divisão, o que já tentou no passado, sem sucesso. A senhora sabe que, como Presidente do PMDB, devo manter cauteloso silencio com o objetivo de procurar o que sempre fiz: a unidade partidária.

Passados estes momentos críticos, tenho certeza de que o País terá tranquilidade para crescer e consolidar as conquistas sociais.

Finalmente, sei que a senhora não tem confiança em mim e no PMDB, hoje, e não terá amanhã. Lamento, mas esta é a minha convicção.

Respeitosamente,

MICHEL TEMER

A Sua Excelência a Senhora

Doutora DILMA ROUSSEFF

DO. Presidente da República do Brasil

Palácio do Planalto

FESTA DA IGREJA

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO E LISTAS COMPLETAS DA FESTA DA IGREJA CATÓLICA IMACULADA CONCEIÇÃO.

FESTAIGREJA2015Acontecerá em Querência no domingo, 06 de dezembro, a Tradicional Festa da Igreja Católica Imaculada Conceição em homenagem à padroeira do município. Na ocasião também é realizada a missa de 1ª Eucaristia, onde os jovens que estavam se preparando para este sacramento da igreja receberão pela primeira vez a hóstia consagrada.

A igreja também realizará missas especiais na quinta-feira,03/12, sexta-feira, 04/12, sábado, 05/12 e na terça feira, 08/12 (feriado municipal e Dia de Nossa Senhora Imaculada Conceição).

Confira a programação:

DIA 03/12 – QUINTA-FEIRA – 19:30 h – Missa MÃE DO SALVADOR e benção especial para as mulheres grávidas.

DIA 04/12 – SEXTA-FEIRA – 19:30 h – Missa JOVEM JESUS NO TEMPLO e benção especial para os jovens.

DIA 05/12 – SÁBADO – 19:30 h – Missa A FAMÍLIA NAS BODAS DE CANÃ e benção especial para as famílias.

DIA 06/12 – DOMINGO – 09:00 h – Missa da 1ª EUCARISTIA e tradicional almoço festivo com churrasco e saladas, leilões e tarde animada pela Banda Sinais.

DIA 08/12 – 19:30 h – Missa da PADROEIRA e abertura do ANO SANTO DA MISERICORDIA com a presença do Bispo da Prelazia de São Félix do Araguaia, Dom Adriano Ciocca Vasino.

LOGO_ANO SANTO DA MISERICORDIA

Sobre o Ano Santo da Misericórdia

O Ano Santo da Misericórdia foi anunciado pelo Papa Francisco em março e será um jubileu extraordinário, centrado na misericordia de Deus. O Ano Santo terá início no dia 08 de dezembro de 2015 e se encerrará no dia 20 de novembro de 2016.

“Decidi convocar um Jubileu Extraordinário que tenha o seu centro na Misericordia de Deus. Será um Ano Santo da Misericórdia”, disse o papa.

Com o Ano Santo da Misericordia a igreja abre uma janela para a Reconciliação, para o encontro dos fiéis com Deus e para o reencontro com a Igreja daqueles que têm estado à margem, nas periferias da Igreja, como diz o papa.

A abertura do próximo jubileu vai acontecer no 50.º aniversário do encerramento do Concílio Vaticano II e, segundo explica a Santa Sé, em comunicado de imprensa, “adquire um significado particular, impelindo a Igreja a continuar a obra começada com o Vaticano II”.

O Santo Padre, no começo do ano, exclamou: “estamos vivendo o tempo da misericordia. Este é o tempo da misericordia. Existe tanta necessidade de misericordia, e é importante que os fiéis leigos a vivam e a levem aos diferentes ambientes sociais. Adiante!”

IGREJA CATÓLICA IMACULADA CONCEIÇÃO

FESTA DA PADROEIRA E DA 1ª EUCARISTIA

DOMINGO, 06/12/2015

 

LISTA DE DOAÇÃO: CUCA (3 UNIDADES)

ALEXANDRA F DE ALMEIDA
AMANDA (GOIANAO TECIDOS)
ANA FLAVIA PEREIRA
ANA PATRICIA FERREIRA DE ALMEIDA
ANDREIA PERETTI
ANGELA JUNGES
BERNADETE PIRES
BRUNA BENDER
CIELO ROCIO MEJIAS SANCHES
CLARI WEISS ROBAERT
CLAUDILENE APARECIDA PAINELLI
CLEONIR ZART
DAIANE CENCI MANICA
DEYSE FREO GROLLI
EDELIRES SCHNEIDER DE CHAGAS
EDMA BASTOS DE SOUSA
ELIANDRA TIRLONI
ELIANE CORREIA
ELIANE RIBEIRO DEL RE
ELIETE ANA SUR
ELIEZE BISSOLOTTI
ELIS REGINA PRELA
ELISANGELA SALDANHA
ELISANGELA SIRENA
ELZA SOARES RIOS
ERONI BETTANIN (INDIA)
EVA PEREIRA LUZ
EVANIR COSTA FALABRETTI
EVANIR SCHUH
FERNANDA MACHRY
GENI MASS
GENI PIZZI
INES CADORE (NECA)
INES PAULETTO
IVANETE RONCAI VOLPI
IVETE SACHET
JANAINA ALVES DE LIMA
JANE FERREIRA DOS SANTOS
JESSIKA LUDWIG GONÇALVES
LAURA CRISTINA SCHAEDLER
LEANIR VOGT
LEILIANE COSLOPI
LIANE STAUB EIDT
LICIANE HAUSMANN
LILIAN LEAL COSTA
LUCILENE DE OLIVEIRA
MARAISA DE ACARI
MARCIA MARIA BOTH
MARCIA PEZZINI KIKUDA
MARCIA REGINA NEUBERGER
MARCIA VEZARO SILVA
MARGARIDA MAZUCATTI
MARIA WEBER
NAIR BECKER
ROMILDA CHERUBINI
ROSELI DE CARVALO LOPES
ROSITA MARIA HAHN
SALETE MALLMANN
SELENE MENACHO
VERIVALDA PAULA CHAGAS
ZANETI GOMES DA SILVA

 

 

IGREJA CATÓLICA IMACULADA CONCEIÇÃO

FESTA DA PADROEIRA E DA 1ª EUCARISTIA

DOMINGO, 06/12/2015

 

LISTA DE DOAÇÃO: BOLO (2KG)

ALITHEA RIBEIRO
AMANDA SANTOS TEIXEIRA
ANA GORGEN
ANA PAULA MAZUREK
BERNADETE GRANJA
BIANCA MIGNOLI
CARINA MAZUREK
CLARISSE ROBAERT EIDT
CLAUDIA SCHNEIDER DA ROSA
CREUZA MAGALHÃES
CRISTIANE TESSARO EIDT
DINALVA DE SOUZA
DIOVANI FRIZZO
DIVA JUNGES
ELIANA SOARES DA SILVA
ELIANE DA SILVA SOARES FALABRETTI
FERNANDA JACOB
GIOVANA BREINTEBACH
GLICERIA SCHAAB
GRASIELA DAL SOTO
IVANETE CANEPPELE
JOCELI VOLPI
JOSI CRISTINA SANTIN
JUSSARA BINOTTO
KELLY TAKAKI GRANDO
LESLIE NASSER
MAIRA SALETE DE MATOS
MARCIA LUIZA GUTH
MARIA DALVA BATISTA
MARIA LUIZA FERRAZ
MARISTELA GUTH
MARINES GRESELE
MARLENE GUTH
MONICA CARRASCO TONOLO
ORILDE SIGNORINI
ROBERTA DE SOUZA
ROSA CANEPPELE
ROSANE WEISS
ROSANGELA ZONTA
ROSELAINE BACKES
ROSINEI SANTIN ZATTA
SANDRA KLEIN HAAS
SIDMARA KRENTKOSKI
TANIA AGUILAR VILDOSO
VANILDE DA LUZ FONTANA
VERA LUCIA GUISOLPHI
ZENAIDE BUSATTO

 

IGREJA CATÓLICA IMACULADA CONCEIÇÃO

FESTA DA PADROEIRA E DA 1ª EUCARISTIA

DOMINGO, 06/12/2015

 

LISTA DE DOAÇÃO: PUDIM (1 UNID)

ADALCIDA MARIANE RIBEIRO
CARLA CRISTINA KLEIN
DRIANA CAPPELLESSO
ELACI INACIA WAGNER
ELAINE FILDLER SIGNOR
ELENIR ROCKENBACH
ENI TEREZINHA SCHNEIDER
IRACEMA SANTIN
IRENA WEYER SCHNEIDER
IRENE KUHN
IZETE DAMBROS
JOACI BISSOLOTTI
LELIA DALMOLIN DE AVILA
LUCIA SCHNEIDER
MARCIA SIMON JUNGES
MARILEI APIO
NADIR JANTSCH
ROSA PEREIRA DUARTE
SEBASTIANA POLATO
TASSIA SCHNEIDER
TEREZINHA EIDT
TEREZINHA WEBER

IGREJA CATÓLICA IMACULADA CONCEIÇÃO
FESTA DA PADROEIRA E DA 1ª EUCARISTIA
06 DE DEZEMBRO DE 2015
ESCALA DE TRABALHO CHURRASCO
PREPARAR O CHURRASCO NO SÁBADO

ARLEI BATIST
CELSO (PARAGUAIO)
CLOVIS SCHNEIDER
CARLOS BORGES
CLAUDIOMIRO SIGNOR (GORDO)
ILOI FELDKIRCHER
MARCOS DAMBROS
NILO MUNARO
ORLANDO SEBALD
PAULO DA ROSA
PAULO JOSÉ ROCKEMBACH
ROBERTO ALMEIDA
RENATO DEL RE
ROMILDO JOSÉ KUHN
VALMIR KLEIN
VAMOR FREO

DOMINGO A PARTIR DAS 6:00 H

ADELAR PAULO KUHN
ARLEI GESING
ALCIDES MENIN
AMILTON PENNA
ANTONIO MARCOS PEDRACI RAMOS
ARI GOBBI
ARNALDO DITADI (JÁ PNEUS)
AURELIO DILL
ALVARO MALLMANN
CARLOS WEISS
CLAUDIO DALBELLO
CLEITON SANTIN RODRIGUES
CARLOS APARECIDO BATISTA
CLERIO ROBAERT
CELSO (PARAGUAIO)
DANIEL ALMEIDA
DIEFREI SANTIN
DOMINGOS ROBERTI
ELIAS PAGNO
EDILSON SANGALI
FABIO MARCONDES
FABIO BONFLEUR (AGREX)
FABIO PORFIRIO
FORTUNATO CASALI
GILVANI FURTUOSO
GENESIO LIRA (GASPAR)
HELIO JUNIOR DA ROCHA
IGOR EIDT
JACIR VEZARO
JULIANO AVILA
JAIR PEZZINI
JOAO PAULO DA CRUZ (NANA)
JULIO CESAR SCHADLER
JULIO RIBEIRO DE SOUZA
LEOMAR ULRICH
LUIZ VEZARO
LEANDRO HERTAL
LAURI JANTSCH
MAICON BORSATO
MARCELO VEZARO
MARCOS ORLANDINI
MARCOS PIRES
MOACIR SIMON
MARCOS VEZARO
NILTON JOSE PATZLAFF
ODIRLEI SCHWERTZ
PEDRO ALGERI
RENIVALDO ALVES DA COSTA
RUDINEI ASSOLINI
RODRIGO PIRES
ROGERIO ZANG
ROBSON SEBALD
RONALDO DECIAN
SERGIO BATISTA
TIAGO SCHNEIDER
TIAGO GORGEN
VALDIR STAUB
VALERIO MORESCO
VANDERLEI SAPATILHA
VINICIOS GUISOLPHI
VALMIR SCHNEIDER
WILLIAN VELOSQUE

CAIXAS DA COPA

DAS 8h30 às 12h45

01 Eunice Silveira
02 Isaías Silveira
03 Márcio Rodrigues Aguiar
04 Victor Luiz Santos Silva

 

DAS 12h30 às 16h45

01 Cleiton Muller
02 Júlio César Santiago
03 Vilson Rockembach
04 Tobias Saggin

 

DAS 16h30 até o final da festa                                            

01 David Munaro
02 Gustavo Henrique Camargo Cunha
03 Luiz Osvaldo
04 Mauri Ferraz

 

CAIXAS DA COZINHA

DAS 08h30 às 12h45

01 Cirlene Santos Barbosa
02 Laura Basso
03 Sandra Cristina Bettoni

 

DAS 12h30 às 16h45

01 Salete Rockembach
02 Jaqueline Zonta Duarte Santiago

 

Das 16h30 até o final da festa

01 Rozaine Silva Agra da Silveira
02 Olibaldo Araujo da Silveira

 

 

COORDENADOR DOS CAIXAS: EDEMAR SCHNEIDER: 8444-9466

 

ESCALA DE TRABALHO NA COZINHA

 


7:30 h
ADILCE GRESELE
ARLETE STULP
DANUBIA GOMES
DENISE REMONTI BOLSONI
DEONICE BUSNELLO
DIRCE REMONTI FREO
EDELIRES SCHNEIDER DE CHAGAS
ELIANE SCHUSTER
INDIAMARA GOBBI
IRMA GOBBI
JAQUELINE BISSOLOTTI
JOANA SOLANGE BORGO
MARCIA BISELO
MARLI GANANSSINI
MARLI PREUSLER
NAIR FLOSS
NEUSA SIRENA
ROSANE SCHUH
SOLANGE TAISEN
VANESSA GALLE
ZENAIDE ULRICH
10:30 h
ALEXANDRA WEILLER
ANALICE APIO
ANATATIELI APIO
APARECIDA ALVES
BRUNA SANTINI
CARMEM VEZARO
DELIANE PIZZOLATTO
DERCI PERIN HEINEN
ISAMARA DALMOLIN
IVETE SANTINI
IVETE SOUTHIER
JOSI HUBNER WINTER
JOSIANE FERREIRA
JULIANE MEINERZ
KARINE SOLETTI
LUCIENE ROCHA
MARIZA RECKEZIEGUEL
MARTA RECKSIEGEL
TATIANE SCHNEIDER NEUKAMP

 

COORDENADORA DA COZINHA: SONIA ZAVALHA (66) 8453-7925

IGREJA CATÓLICA IMACULADA CONCEIÇÃO

FESTA DA PADROEIRA E DA 1ª EUCARISTIA

DOMINGO, 06/12/2015

 

ESCALA DE TRABALHO NA COZINHA

 


13:00 h
ALZERENI PIRES
ARLETE SCHEID
DANIELA WEBBER
DIRCE SCHNEIDER
ELIJANE SCHNEIDER
ELOIDE WEBER
IVANETE BISSOLOTTI
IVANI DALMOLIN
IVANIA ARAUJO
IVETE CANEPPELLE
IVETE SCHNEIDER
LIBERA MUNARO
MARLISE KUHN
MIRIAN DE CONTI
NADIR FRANCISCON
RANIELI VEZARO
STHEPHANI BETANNIN CUELLAR
TAISA VEZARO
VANESSA BUSNELLO

 

16:30 h
ALDACIR FAVA
ALZIRA FORTUNATO TEIXEIRA
CECILIA KRUPP
DAIANE GIACOMMO VALLE
ELIANE DALBELLO
IRIA RHODEN
JANISE HUBBNER
LORIZETE GIRELI
LUCIA BOESING
LUCIA TEIXEIRA
MARIA APARECIDA MUNARO
MARIA DA GUIA
MARIA ROSANGELA MENESES
ROSANE SANTIN
ROSIMARA SOARES
VERA DUTRA MENEGHETTI
VERA FELDKIRCHER
VERA TAKAKI

COORDENADORA DA COZINHA: SONIA ZAVALHA (66) 8453-7925

 

IMPEACHMENT

INDIGNADA DILMA FAZ DISCURSO: “NÃO POSSUO CONTA NO EXTERIOR”

DILMA

Ao se manifestar sobre a aceitação do pedido de impeachment anunciado hoje pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a presidenta Dilma Rousseff disse há pouco, em pronunciamento no Palácio do Planalto, que recebeu a notícia com indignação, relembrando que seu mandato é exercido com base em escolha democrática pelo povo.

Segundo a presidenta, são “inconsequentes e inconsistentes” as ações contra ela. “Não paira contra mim nenhuma suspeita de desvio de dinheiro público. Não possuo conta no exterior. Nunca coagi e nem tentei coagir instituições em busca de satisfazer os meus interesses”, afirmou.

Ela rechaçou a possibilidade levantada pela imprensa de que poderia haver uma negociação por votos de membros da base governista no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, em favor da abertura de processo de cassação do presidente da Câmara, em troca do arquivamento dos pedidos de impeachment. “Eu jamais aceitaria ou concordaria com quaisquer tipos de barganha, muito menos aquelas que atentam contra o livre funcionamento das instituições democráticas do meu país, bloqueiam a Justiça ou ofendam os princípios morais e éticos que devem governar a vida pública.”

Em um discurso breve no Palácio do Planalto, na presença de vários ministros, Dilma pediu tranquilidade e confiança nas instituições públicas. “Não podemos deixar as conveniências e os interesses indefensáveis abalarem a democracia e a estabilidade de nosso país. Devemos ter tranquilidade e confiar nas nossas instituições e no Estado Democrático de Direito.

Por volta das 20h30, acompanhada de 11 ministros de seu governo, a presidenta entrou no Salão Leste do Palácio do Planalto, onde os jornalistas a aguardavam. Os ministros permaneceram ao lado de Dilma e não fizeram proncunciamento. Estavam com ela Jaques Wagner, da Casa Civil; Ricardo Berzoini, da Secretaria de Governo; José Eduardo Cardozo, da Justiça; Gilberto Kassab, das Cidades; Gilberto Occhi, da Integração Nacional; Aldo Rebelo, da Defesa; Armando Monteiro Neto, do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; Henrique Eduardo Alves, do Turismo; André Figueiredo, das Comunicações; Celso Pansera, da Ciência, Tecnologia e Inovação; além do Advogado-Geral da União, Luís Inácio Adams.

MICROCEFALIA

DOS 1.248 CASOS SUSPEITOS DE MICROCEFALIA, NENHUM REGISTRO EM MT.

Até 28 de novembro de 2015, foram notificados 1.248 casos suspeitos de microcefalia, identificados em 311 municípios de 14 unidades da federação, de acordo com a terceira edição do informe epidemiológico sobre microcefalia, divulgado nesta segunda-feira (30). O governo permanece realizando todos os esforços para monitorar e investigar, de forma prioritária, o aumento do número de casos de microcefalia no país.

O estado de Pernambuco registra o maior número de casos (646), sendo o primeiro a identificar aumento de microcefalia em sua região. O Estado conta com o acompanhamento de equipe do Ministério da Saúde desde o dia 22 de outubro. Em seguida, estão os estados de Paraíba (248), Rio Grande do Norte (79), Sergipe (77), Alagoas (59), Bahia (37), Piauí (36), Ceará (25), Rio de Janeiro (13), Tocantins (12) Maranhão (12), Goiás (2), Mato Grosso do Sul (1) e Distrito Federal (1). Entre o total de casos, foram notificados sete óbitos. Um recém-nascido do Ceará, com diagnóstico de microcefalia e outras malformações congênitas por meio de ultrassonografia, teve resultado positivo para vírus zika. Outros cinco no Rio Grande do Norte e um no Piauí estão em investigação para definir causa da morte.

RELAÇÃO ZIKA E MICROCEFALIA – O Ministério da Saúde confirmou neste sábado (28) a relação entre o vírus Zika e o surto de microcefalia na região Nordeste. A confirmação foi possível a partir da confirmação do Instituto Evandro Chagas da identificação da presença do vírus Zika em amostras de sangue e tecidos do recém-nascido que veio a óbito no Ceará.

Essa é uma situação inédita na pesquisa científica mundial. As investigações sobre o tema devem continuar para esclarecer questões como: a transmissão desse agente; a sua atuação no organismo humano; a infecção do feto e período de maior vulnerabilidade para a gestante. Em análise inicial, o risco está associado aos primeiros três meses de gravidez.

O achado reforça o apelo do Ministério da Saúde para uma mobilização nacional no combate ao mosquito Aedes aegypti, responsável pela disseminação da dengue, zika e chikungunya. O êxito dessa medida exige uma ação nacional, que envolve a União, os estados, os municípios e a toda a sociedade brasileira. O momento agora é de unir esforços para intensificar ainda mais as ações e mobilização.

A campanha lançada nesta semana alerta que o mosquito da dengue mata e, portanto, não pode nascer.  A ideia é que todos os dias sejam utilizados para uma limpeza e verificação de focos que possam ser criadouros do mosquito. O sábado seria como dia D, da faxina. O resultado do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) indica 199 municípios brasileiros em situação de risco de surto de dengue, chikungunya e zika, o que reforça a necessidade de uma mobilização imediata de todos.

ÓBITOS – Os achados estão sendo divulgados conforme são conhecidos. O objetivo é dar transparência sobre a situação atual, assim como emitir orientações para população e para a rede pública. O Ministério da Saúde também foi notificado, na sexta-feira (27), pelo Instituto Evandro Chagas sobre outros dois óbitos relacionados ao vírus Zika. As análises indicam que esse agente pode ter contribuído para agravamento dos casos e óbitos. Esta é a primeira ligação de morte relacionada ao vírus Zika no mundo, o que demostra uma semelhança com a dengue.

O primeiro caso foi confirmado pelo Instituto Evandro Chagas, de Belém (BA), trata-se de um homem com histórico de lúpus e de uso crônico de medicamentos corticoides, morador de São Luís, do Maranhão. Com suspeita de  dengue, foi realizada coleta de amostra de sangue e fragmentos de vísceras (cérebro, fígado, baço, rim, pulmão e coração) e enviadas ao IEC. O exame laboratorial apresentou resultado negativo para dengue. Com a técnica RT-PCR, foi detectado o genoma do vírus Zika no sangue e vísceras.

Confirmado na sexta-feira (27), o segundo caso é de uma menina de 16 anos, do município de Benevides, no Pará, que veio a óbito no final de outubro. Com suspeita inicial de dengue, notificada em 6 de outubro, ela apresentou dor de cabeça, náuseas e petéquias (pontos vermelhos na pele e mucosas). A coleta de sangue foi realizada sete dias após o início dos sintomas, em 29 de setembro. O teste foi positivo para Zika, confirmado e repetido.

ATIVIDADES – O Ministério da Saúde intensificou o acompanhamento da situação, de forma prioritária, e divulgará orientações para rede pública e para a população, conforme os resultados das investigações. Equipes do Ministério da Saúde estão ajudando os estados nas investigações. Em Pernambuco, a equipe permaneceu quase um mês em campo, do dia 26 de outubro a 24 de novembro. No Rio Grande do Norte, técnicos estão em campo desde o dia 25 de novembro, e nos estados de Sergipe e Paraíba, as equipes chegarão nesta segunda-feira (30).

Além disso, o Ministério da Saúde mantém contato com as secretarias estaduais e municipais para articular uma resposta conjunta e, em especial, mobilizar ações contra o mosquito Aedes aegypti. Comitês de especialistas apoiarão o Ministério da Saúde nas análises epidemiológicas e laboratorial, bem como no acompanhamento dos casos.

A pasta está se aprofundando na investigação dos casos, além de acompanhar outras análises que vem sendo conduzidas pelos seus órgãos de pesquisa e análise laboratorial. O protocolo inicial para o atendimento de possível agravamento da Zika será o mesmo utilizado para situações mais graves de dengue.

Nesta semana, a convite de governo federal, representantes do CDC (Centro de Prevenção e Controle de Doenças, em inglês), dos Estados Unidos, integrarão os esforços das autoridades e parceiros nacionais nestas análises. O CDC é referência para a Organização Mundial de Saúde (OMS) em doenças transmissíveis. A OMS e a sua representação nas Américas, a OPAS, têm sido atualizadas sobre o andamento das ações, dos resultados e das conclusões do Ministério da Saúde.

Desde o surgimento dos casos, o Ministério da saúde tem enviado às secretarias estaduais de saúde orientações sobre o processo de notificação, vigilância e assistência às gestantes e aos bebês acometidos pela microcefalia. Essas informações serão constantemente atualizadas.

GRUPO INTERMINISTERIAL – A Presidência da República determinou a convocação do Grupo Estratégico Interministerial de Emergência em saúde Pública de Importância Nacional e Internacional (GEI-ESPII), que envolve 19 órgãos e entidades, para a formulação de plano nacional do combate ao vetor transmissor, o mosquito Aedes Aegypti. Também estão sendo estimuladas pesquisas para o diagnóstico da doença e frentes de mobilização em regiões mais críticas. Não faltarão recursos financeiros para suporte às ações.

As medidas envolvem, finalmente, ações de comunicação e suporte assistencial, como pré-natal, atenção psicossocial, fisioterapia, exames de suporte e estímulo precoce dos bebês.

Aos gestores e profissionais de saúde, o Ministério da Saúde orienta que todos os casos de microcefalia sejam comunicados imediatamente por meio de um formulário eletrônico. Também que sejam reforçadas as ações de prevenção e controle vetorial em áreas urbanas e peri-urbanas, conforme estabelecido nas Diretrizes Nacionais de Programa Nacional de Controle da Dengue.

GESTANTES – É importante que as gestantes mantenham o acompanhamento e as consultas de pré-natal, com a realização de todos os exames recomendados pelo médico. O Ministério da Saúde reforça ainda a orientação de não consumirem bebidas alcoólicas ou qualquer outro tipo de drogas, não utilizar medicamentos sem orientação médica e evitar contato com pessoas com febre ou infecções.

É importante também que as gestantes adotem medidas que possam reduzir a presença de mosquitos transmissores de doença, com a eliminação de criadouros, e proteger-se da exposição de mosquitos, como manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.

A microcefalia não é um agravo novo. Trata-se de uma malformação congênita, em que o cérebro não se desenvolve de maneira adequada. Na atual situação, a investigação da causa é que tem preocupado as autoridades de saúde. Neste caso, os bebês nascem com perímetro cefálico (PC) menor que o normal, que habitualmente é superior a 33 cm. Esse defeito congênito pode ser efeito de uma série de fatores de diferentes origens, como as substâncias químicas, agentes biológicos (infecciosos), como bactérias, vírus e radiação.

CASOS DE MICROCEFALIA EM INVESTIGAÇÃO

ESTADO

N° DE CASOS/2015

Pernambuco

646

Paraíba

248

Rio Grande do Norte

79

Sergipe

77

Alagoas

59

Bahia

37

Piauí

36

Ceará

25

Maranhão

12

Tocantins

12

Rio de Janeiro

13

Goiás

2

Distrito Federal

1

Mato Grosso do Sul

1