“PRECISAMOS ESTAR UNIDOS” DIZ NOVO PRESIDENTE DO SINDICATO RURAL.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Após a ótima palestra de quarta que também celebrava os 20 anos do Sindicato de Querência, ontem foi dia de posse da nova diretoria e para isso a cidade recebeu o presidente da Famato Normando Corral, o presidente a Aprosoja Brasil Marcos da Rosa. Daqui vieram o prefeito Fernando Gorgen, e representando a Câmara de vereadores, Celso da retífica, agentes financeiros, produtores, empresários e imprensa.

Osmar Frizzo foi empossado pelo presidente da Famato e assume no lugar de Gilmar Dell Osbel para um mandato de 2017-2020. Neuri Wink será o vice.

Logo após ser formada a mesa de autoridades, foi exibido um vídeo contando a história da fundação do sindicato, onde Darci Heeman primeiro presidente, Neuri Winki atual vice-presidente entre outros relatam as agruras dos primeiros anos de nascimento da entidade. até as conquistas de hoje.

Na platéia, produtores,  empresários familiares, os gerentes do Banco do Brasil (João Paulo) do Sicredi Ilvani e do Bradesco Laércio. Presente também o ex-prefeito Gilmar Wentz e família, vereadores e jornalistas.

Em destaque em sua fala, o prefeito Fernando disse: do desafio enfrentado com o código florestal no Mato Grosso que inviabilizava o município de Querência e que como prefeito teve no Sindicato Rural o braço forte na maior audiência pública realizada no MT.  Gorgen agradeceu aos produtores e disse que um governo que não trabalha em parcerias com as entidades ele fica fraco. Para o novo presidente Osmar, Gorgen destacou que ele tem no prefeito um parceiro, um irmão assim como várias entidades, igrejas. Fernando lembrou ainda que o sindicato é muito importante numa cidade que já ocupa o 6º lugar na produção de grãos no estado.

Normando Corral cumprimentou toda diretoria e presentes e disse que em 6 meses de direção da Famato tem como meta estar presente em todas as posses e em vários locai que visita ele vai para levar ensinamentos. Em Querência é diferente, é onde venho para aprender ensinamentos e destacou que a grande missão do Osmar é entregar o sindicato melhor do que pegou nas mãos de Gilmar.

Marcos da Rosa da Aprosoja disse após parabenizar os fundadores e os novos dirigentes sobre as conquistas do passado, mas fez duro ataque ao que é preciso enfrentar no futuro: “estamos num país comprometido, as atitudes tomadas, a roubalheira, os nosso impostos que não chegam aonde devem chegar, todas as promessas de campanha, saúde, educação, infra-estrutura, foram roubadas do nosso bolso, deveríamos ter um Brasil crescendo, sem desemprego, mas a ganância não melhorou os homens. A importância do sindicato é mostrar que o coletivo é importante, o projeto pessoal de cada um não é importante se o coletivo não estiver funcionando”

Osmar Frizzo disse em seu discurso agradeceu a oportunidade de assumir a presidência e que assumir o sindicato é uma honra e um desafio por referência aos 14 anos do Darci e depois aos anos do Gilmar. Ele ressaltou que a mídia divulga números do agronegócio que soam como números mágicos e fazem a imagem de agricultores pessoas milionárias. O agronegócio vem sustentando o país e isso precisa ser reconhecido pelas lideranças políticas.

Foram homenageados no evento os primeiro diretores da entidade que receberam uma placa em comemoração aos 20 anos de fundação.

Após a solenidade, foi servido um jantar acompanhado pela trilha sonora de jovens gaiteiros da cidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s