ANO NOVO

2015: TEMPO DE ECONOMIA.

Saiba equilibrar suas contas

Marisol França, especial para A Gazeta

 Entre 2015 no azul! Para os estudiosos em finanças como o economista Vitor Galesso a população brasileira passa por uma fase de perda de confiança nos governantes, e acredita que situações de crise, podem vir a acontecer a partir do segundo trimestre do próximo ano. Pensando em diminuir o impacto dessa possível recessão algumas táticas podem ser aplicadas para manter o equilíbrio nas receitas e ter sucesso na nova jornada que se inicia.

Curiosa, Nilza Oliveira, 32, cabeleireira, quer saber qual a melhor maneira de não passar apuros logo de cara no novo ano. A maior preocupação dela é com o cartão de crédito usado para as festas e com a renovação do contrato do aluguel. Para casos como o da cabeleireira, o economista Edisantos Amorim orienta que é preciso saber quais são as prioridades. O cartão de crédito é um serviço que precisa ser pontual no pagamento para que não se transforme em problema. Sempre que pagar pague a fatura cheia.

“Nunca pague aquele valor mínimo. Isso é ilusório, a dívida vai continuar ali e só vai aumentar para o próximo mês”. Já com relação ao aluguel, ele explica que a margem de negociação é maior que com o cartão.

Em alguns casos pode ser feito diretamente com o dono do imóvel e isso dá um tempo maior para encaixar o ajuste no orçamento. “ Qualquer alteração de preços em aluguel, tem que ser feita com prévio comunicado e concordância do inquilino. Cabe então um acordo na data e um planejamento orçamentário”. orienta o economista.

Já o pedreiro Antonio João Dias Correia, 54, quer viajar. “O início das aulas é momento mais difícil para mim. Tenho três filhos e fazer a matricula, comprar os uniformes, o material escolar pesa muito”.

Como a escola é algo que está no planejamento é preciso então conter os gastos naquilo que a antecede, como a viagem. A dica é que se possível escolher lugares cuja passagem, e tudo que a envolve esteja mais em conta e ainda agrade a família.

“Não preferir os pontos turísticos mais disputados ajuda muito”, indica economista. Outra sugestão para poupar os gastos é reduzir o tempo fora. Se for uma viajem para 15 dias por exemplo analisar se é realmente necessário esse tempo ou quem sabe pode reduzir para 10 dias e ter uma reserva maior para os estudos. Uma boa saída também é tentar fazer a comida.

“Alimentação em viagens sempre sai caro quando se come muito na rua ou em restaurantes. O ideal, é que dependendo de onde esteja hospedado, se possa cozinhar as refeições”. Caso ainda possa comprometer o ano letivo das crianças e em último caso pode-se avaliar a ideia de adiar, re-planejar a viagem para um momento mais propício para que não fique no vermelho.

Planejar. Está é a palavra chave para manter as finanças em dia de acordo com a enfermeira Aparecida Barbosa Pinto, 47, que à dois anos economiza para trocar de carro. “ Eu vou realizar este sonho agora. Gostaria de ter feito isso antes mas como eu sei que as coisas vão apertar, quero pagar à vista. Não quero ter dívidas. Por isso me organizei, planejei e esperei mais um tempo para poder juntar mais dinheiro. Só agora vai dar certo e eu vou ter um bem e não uma preocupação” comenta aliviada a enfermeira.

Aparecida está de parabéns! Porque de acordo com Edisantos esse é o melhor caminho para a concretização dos projetos de vida. Planejar, saber esperar o melhor momento e perceber o mercado. “Tudo que se compra à vista sai mais barato. Com dinheiro em caixa a negociação é mais favorável, não se tem juros e dentre todos os clientes é o preferencial”. Ele completa, “Com o dinheiro na mão o consumidor tem descontos bem maiores”.

O consultor financeiro João Paulo Fortunato diz que para entrar com o pé direito em 2015 é preciso evitar as tentações ainda em 2014 e tentar usar o décimo terceiro salário e se a caso tiver férias, usar uma parte para quitar as dívidas. “Avaliar o encerramento do ano que se passa é importante. Fazer um diagnóstico dos erros cometidos ajuda a não se repetirem”. E se precisar comprar à prazo negocie para que nas parcelas não tenha juros. Ele acrescenta, “Além de começar o ano sem dívidas o ideal é fazer uma aplicação de renda fixa atrelado ao Certificado de Depósito Interbancário (CDI), que mantém uma boa margem de rentabilidade”.

ANO NOVO

SE PARA VOCÊ 2014 JÁ FOI…CONFIRA OS FERIADOS DE 2015 E SE AGENDE.

Veja a lista com os feriados e pontos facultativos de 2015.

1º de janeiro (quinta-feira) Confraternização Universal – feriado nacional;
16 de fevereiro (segunda-feira) – ponto facultativo;
17 de fevereiro (terça-feira) Carnaval – ponto facultativo;
18 de fevereiro (quarta-feira) Cinzas – expediente a partir das 13 horas;
03 de abril (sexta-feira) Paixão de Cristo – ponto facultativo;
20 de abril (segunda-feira) – ponto facultativo;
21 de abril (terça-feira) Tiradentes – feriado nacional;
1º de maio (sexta-feira) Dia do Trabalhador – feriado nacional;
04 de junho (quinta-feira) Corpus Christi – ponto facultativo;
05 de junho (sexta-feira) – ponto facultativo;
07 de setembro (segunda-feira) Independência do Brasil – feriado nacional;
12 de outubro (segunda-feira) Nossa Senhora Aparecida – feriado nacional;
28 de outubro (quarta-feira) Dia do Servidor Público – ponto facultativo;
02 de novembro (segunda-feira) Finados – feriado nacional;
15 de novembro (domingo) Proclamação da República – feriado nacional;
20 de novembro (sexta-feira) Consciência Negra – feriado estadual;
19 de dezembro (sábado) aniversário de 24 ANOS DE QUERÊNCIA.
24 de dezembro (quinta-feira) – ponto facultativo;
25 de dezembro (sexta-feira) Natal – feriado nacional;
31 de dezembro (quinta-feira) – ponto facultativo.