EMPREENDEDORES

INAUGURAÇÃO DA LOJA ARTS KIDS MARCA ESTREIA DA NOVA GALERIA DE LOJAS NA CIDADE.

IMG_20180306_093351146

Um empreendimento de moda infantil com a presença da ARTS KIDS E TENNS marca a estreia de novo ponto comercial na cidade. E breve a galeria que é um investimento do médico Kalil Jacob, espera para muito breve mais duas inaugurações. Um escritório de Arquitetura e uma loja com investidores de Canarana.

Essas iniciativas se juntam à algumas recentes na região da Avenida Central e Tenente Portela que registra a vinda da Macledi inaugurada ontem, a Multi Casa,  a Promaster, e a futura loja de produtos naturais que virá em frente a Academia Fitness.

É isso, esse é o caminho, superar a crise com investimentos, dando emprego, acreditando no futuro e na estabilidade do país.

 

EMPREENDEDORES

COM APOIO DE COOPERATIVA, EMPRESÁRIO DE CANARANA JÁ VENDE EM TODO PAÍS.

PNEU

 

Cuiabá/MT– Com apoio de uma cooperativa de crédito, o empresário Rubem Machry ampliou o negócio e hoje, vende o seu produto em todos os estados do país. Ele e dono da Reciclapneu, com sede de Canarana, e disse conseguiu financiamento na cooperativa de crédito sem ter nenhum bem como garantia. A oportunidade veio depois dele ter procurado vários bancos comerciais, sem sucesso.

Rubem contou sua história durante o Encontro Mato-grossense de Cooperativas de Crédito, que aconteceu ontem, no Centro de Eventos do Pantanal. Na ocasião, empresários e membros de cooperativas de diversos municípios estavam no auditório.

Machry trabalha com pneus reciclados e acredita que tirou mais de 100 mil unidades dos lixões da cidade. Ele transformar os produtos em cadeiras, mesas e vasos de plantas. Põe todo o material em um caminhão, adquirido com o apoio da cooperativa, e sai pelo Brasil, fazendo feiras e exposições em todo o território nacional.

O primeiro contato dele com a arte da reciclagem foi em casa. Rubem recorda que a mãe dele, hoje falecida, usava o material para fazer vasos de plantas.

Ele viu a mãe fazer e começou a pensar em outras alternativas para o insumo. ”Naquela época, tinha pouco estudo, mas sabia que estava usando o que ninguém mais queria”.

Machy criou uma diversidade de produtos e passou a vender em feiras.

Para ampliar o negócio, precisava de um caminhão e ferramentas, porém não tinha dinheiro e chegou a procurar bancos comerciais. O problema é que não tinha nenhum tipo de garantia para oferecer, o que inviabilizava o empréstimo.

Ele conta que recebeu uma visita do gerente do Sicredi, que foi conhecer a empresa dele, saber todo histórico do empreendimento e as perspectivas do negócio. “Ele acreditou no meu talento e autorizou o crédito. Já paguei o caminhão e peguei outro financiamento, desta vez para comprar um veículo mais novo. Acabo de pagar este mês”.

O negócio de Rubem prosperou. “Sempre sou convidado a participar de eventos. Primeiro porque atuo com sustentabilidade e segundo porque fabrico algumas unidades na hora, o que atrai público. Com o meu ofício, paguei os estudos do meu filho”.

O Encontro do Cooperativismo de Crédito faz parte da programação paralela a Feira do Empreendedor, que acontece até sábado (26), no Centro de Eventos do Pantanal.

A Feira do Empreendedor de Cuiabá é uma realização do Sebrae e do Governo do Estado de Mato Grosso, com patrocínio do Banco do Brasil, Senar, Caixa Econômica Federal, Sicredi e Sicoob. Apoio Água Puríssima, Mica, Dolce Aroma. Parceria Banco da Amazônia, Facmat, Fecomércio, Fiemt, UFMT, Fatec/Senai.

EMPREENDEDORES

SEBRAE PODE SER “SÓCIO” DE EMPREENDIMENTOS INOVADORES EM 2016.

A diretora técnica nacional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Heloisa Menezes, disse que a instituição finaliza um estudo sobre a possibilidade de se tornar investidora em alguns fundos de empresas inovadoras.

“Há possibilidade de, a partir de 2016, o Sebrae atuar também como possível investidor em fundos de empresas inovadoras e, dessa forma, em vez de subsidiar, ser sócio de alguns empreendimentos inovadores”, disse ela à Agência Brasil na noite de ontem (24), durante a 15ª Conferência Anpei de Inovação Tecnológica. Organizado pela Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei), o evento ocorre até o dia 26 em Cabo de Santo Agostinho (PE).

Segundo a diretora nacional do Sebrae, a ideia é amenizar as dificuldades que as empresas encontram para obter crédito em instituições financeiras. “Inovar é correr risco. É participar. O mercado bancário cria dificuldades porque inovação é uma atividade de risco, e bancos têm aversão a riscos.”

“Ao nos tornarmos um investidor a mais [dos fundos de investimentos dessas empresas], não só faremos um acompanhamento maior do trabalho de assessoria continuada, compartilhando o conhecimento que temos, como também participaremos das decisões da empresa”, acrescentou.

A novidade foi bem recebida pelo presidente da Anpei, Gerson Valença Pinto. “O Sebrae desempenha papel importante de transformar pequenos e médios negócios, pela capilaridade que tem. Ao sinalizar com essa possibilidade, favorece [uma aproximação entre] o espírito empreendedor e a inovação. [Isso] só tende a fortalecer essas empresas.”

Análise de portfólios

De acordo com a diretora do Sebrae, a finalização da proposta depende ainda de uma análise que está sendo feita nos portfólios das empresas com o perfil desejado. “Fechando esses trabalhos, vamos apresentar à diretoria e ao conselho do Sebrae os portfólios de gestão dos fundos mais interessantes. Isso deve ser feito ainda este ano”, informou Heloisa.

A expectativa é que, caso seja aprovada ainda em 2015, a proposta comece a ser implementada em 2016. “Estou otimista porque essa ideia está aliada à ambiência de atuação do Sebrae.” (A.B.)